sicnot

Perfil

Regresso às aulas

Manuais escolares chegam a custar mais do que obras de investigação

Manuais escolares chegam a custar mais do que obras de investigação

Em tempo de regresso às aulas, os pais fazem contas à vida perante as várias despesas escolares. Os manuais estão cada vez mais caros e há livros adotados que custam mais do que obras clássicas ou de investigação.

  • Manuais escolares aumentaram 10,4 % desde o ano letivo de 2012-2013
    2:20

    Regresso às aulas

    Os livros escolares aumentaram mais de 10 % desde o ano lectivo de 2012-2013. Nos últimos 4 anos, as familias com filhos na escola pagaram mais 22 milhões de euros na compra de manuais escolares. O Ministério da Educação já disse que o acordo que determinou o aumento dos livros escolares, e que não tinha como referência o aumento da inflação, vai ser revisto em 2016.

  • Movimento de Reutilização de Livros Escolares
    6:50

    Edição da Manhã

    No ano em que o governo e os livreiros assinaram um acordo em que o preço dos livros deixa de estar indexado à inflação, os manuais escolares ficam novamente mais caros. Um aumento que para algumas famílias é insustentável. Pedro Martins é membro do Movimento de Reutilização de Livros Escolares, um movimento de cidadãos que promove a criação e divulgação de bancos de recolha e partilha gratuita de livros escolares em todo o País.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.