sicnot

Perfil

Rio 2016

Brasil revê medidas de segurança para o Rio 2016 após atentado em Nice

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Sérgio Etchegoyen, informou hoje que o Governo brasileiro vai "rever" as medidas de segurança para os Jogos Olímpicos 2016, na sequência do atentado de Nice.

"Desde aquele momento [mortes em Nice], o Ministério da Justiça, o Ministério da Defesa e o GSI estão a trabalhar para garantir que continuemos no mesmo nível de segurança nos Jogos Olímpicos", garantiu.

Vão ser necessárias "revisões, novas providências" e "muito trabalho intenso daqui para frente para manter o nível de segurança", vincou o governante.

"Essa revisão, obviamente, identificará algumas lacunas e posso dizer-lhes, com bom grau de probabilidade, que o quadro atual sugere-nos incremento de algumas medidas relativas aos Jogos", adiantou Sérgio Etchegoyen aos jornalistas.

Entre as medidas, explicou o governante, estão mais "postos de controlo, mais barreiras e algumas restrições no trânsito".

"É importante que a população entenda que vamos trocar um pouquinho de conforto por muita segurança", disse ainda.

Segundo o titular do GSI, o planeamento de segurança feito até aqui será "auditado" para perceber se houve uma "eventual lacuna" nas ações de preparação.

Um camião atingiu na quinta-feira à noite uma multidão em Nice, França, na Promenade des Anglais, quando decorria um fogo-de-artifício para celebrar o dia de França.

O último balanço das autoridades francesas aponta para 84 mortos e uma centena de feridos, 18 dos quais continuam em estado considerado crítico. O condutor do camião foi abatido pela polícia.

As autoridades francesas já consideraram estar perante um atentado e o Presidente da França, François Hollande, anunciou o prolongamento por mais três meses do estado de emergência que vigora no país desde o ano passado. França decretou luto nacional de três dias.

A autoria do ataque ainda não foi reivindicada.

Na quarta-feira, o Governo brasileiro foi surpreendido com a informação de que um brasileiro ligado ao Estado Islâmico estava a planear um atentado contra a delegação francesa durante os Jogos Olímpicos Rio2016.

Nesse dia, a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) respondeu aos jornalistas que não foi informada pelos serviços secretos franceses dessa ameaça.

A informação tinha sido passada pelo chefe da Direção de Inteligência Militar, general Christophe Gomart, durante uma audiência a 26 de maio na Comissão Parlamentar de Luta contra o Terrorismo que investiga os atentados de 2015 em França.

O Governo tem insistido que, embora haja sempre uma possibilidade, não há probabilidade de atentados durante o maior evento desportivo do mundo, que se realiza de 05 a 21 de agosto no Rio de Janeiro.

Hoje, o ministro voltou a dizer: "Sem querer transmitir um falso otimismo, o que seria uma enorme irresponsabilidade, estamos prontos para os Jogos Olímpicos de 2016".

O Presidente interino, Michel Temer, convocou uma reunião para a tarde de hoje com os ministros da Justiça, GSI e Defesa.

Lusa

  • IPSS no Seixal alvo de processo e auditoria financeira
    1:47

    País

    A Segurança Social está fazer mais uma inspeção total a uma IPSS, agora na Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos do Seixal. A fiscalização já recolheu documentação e está agora a passar a pente fino as contas, os serviços e todos os procedimentos da Instituição.

    Investigação SIC - Hoje no Jornal da Noite

    SIC

  • "Vai custar muito a voltarmos à realidade"
    2:22
  • Ministro alemão elogia Centeno que está otimista com o futuro da Zona Euro
    1:13

    Economia

    Mário Centeno diz que a Zona Euro tem um futuro positivo pela frente e acredita que o grupo dos países do euro está alinhado num projeto comum. Declarações do novo presidente do Eurogrupo no final de um encontro com o ministro das Finanças alemão, em Berlim. Peter Altmaier deu Portugal como exemplo de sucesso e reconheceu que foi um erro dividir a Europa entre Norte e Sul durante os anos da crise.

  • Trump mentalmente apto para ser Presidente dos EUA

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos foi na semana passada sujeito aos exames médicos anuais obrigatórios. O médico oficial da Casa Branca informou esta terça-feira que Donald Trump está de "excelente" saúde, não apenas física, mas também mental. As dúvidas sobre as capacidades cognitivas de Trump ganharam força após as revelações feitas no livro "Fire and Fury: Inside the Trump White House".

    SIC

  • Quando o frio até as pestanas congela

    Mundo

    Os termómetros desceram até aos - 67º Celsius em Yakutia, 5.300 quilómetros a Este de Moscovo, na Rússia. Nesta região, os estudantes estão habituados a manter as rotinas, mesmo quando as valores chegam aos - 40º Celsius, mas esta terça-feira as autoridades encerraram escolas e aconselharam a população a ficar em casa, longe do frio que até as pestanas congela.

    SIC