sicnot

Perfil

Rio 2016

COI adia decisão sobre participação de atletas russos no Rio 2016

A comissão executiva do Comité Olímpico Internacional (COI) adiou para o próximo fim de semana uma decisão sobre a possibilidade de excluir a Rússia dos Jogos Olímpicos Rio2016.

© Denis Balibouse / Reuters

"Sobre a participação dos atletas russos nos Jogos Olímpicos Rio 2016, o COI analisará minuciosamente o relatório e as opções legais relacionadas com a exclusão coletiva dos atletas russos e o direito a uma justiça individual", anunciou o COI em comunicado.

A comissão executiva do COI reuniu hoje por audioconferência para analisar um relatório divulgado na segunda-feira pela Agência Mundial Antidopagem (AMA), segundo o qual o Governo russo dirigiu um programa de dopagem no desporto com apoio estatal, com participação ativa do ministro do Desporto e dos serviços secretos.

Na segunda-feira, o presidente do COI, Thomas Bach, admitiu que na reunião poderiam ser adotadas sanções contra a Rússia.

Com este adiamento, o COI aguarda pela resolução do Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) sobre os recursos interpostos por atletas russos contra a proibição da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) de participarem nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

A IAAF proibiu a participação de atletas russos nos Jogos Olímpicos Rio 2016, na sequência de um esquema de doping sistemático e institucionalizado e do incumprimento de várias normas do código antidoping.

Entretanto, mais de 60 atletas russos recorreram ao TAS da decisão da IAAF de os impedir de participar nos Jogos Olímpicos Rio 2016, que decorrem entre 05 e 21 de agosto.


Lusa

  • "O FC Porto não merece ser campeão"
    2:23
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    O empate do FC Porto com o Feirense foi o principal assunto do Play-Off da SIC Notícias, este domingo. Rodolfo Reis mostrou-se insatisfeito com a atitude dos jogadores do FC Porto.

  • Incêndio em Alfragide deixa 12 pessoas desalojadas
    1:59

    País

    Um incêndio destruiu este domingo a cobertura de um prédio de habitação em Alfragide, no concelho da Amadora. Doze pessoas ficaram desalojadas, mas ninguém ficou ferido. Os bombeiros dominaram o fogo em cerca de uma hora, os moradores queixam-se da falta de eficácia no combate às chamas.