sicnot

Perfil

Rio 2016

Polícia brasileira detém suspeitos de planearem atos terroristas no Rio 2016

© Sergio Moraes / Reuters

A Polícia Federal do Brasil anunciou hoje a prisão de vários suspeitos de planearem atos terroristas no país, quinze dias antes da abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, noticia a Folha de São Paulo.

O serviço de Inteligência do governo brasileiro terá identificado um grupo cooptado por facções extremistas através da internet.

O suspeito foi detido no âmbito de uma operação contra o terrorismo sobre a qual falará o ministro da Justiça, Alexandre Moraes, que convocou uma entrevista coletiva em Brasília hoje às 11:00 (15:00 de Lisboa).

Nas últimas semanas, o presidente em interino, Michel Temer, divulgou manifestações em vídeo para tranquilizar turistas e atletas em relação à segurança do evento esportivo que começa no dia 5 de agosto.

Além dele, o próprio ministro da Justiça também reiterou em diversas oportunidades que o país está preparado e que existe um pequeno risco de atentados serem organizados no Brasil.

No entanto, informações divulgadas hoje pelo jornal O Estado e S.Paulo indicam que o Daesh e outros grupos jihadistas têm incitado seus seguidores a atuar como "lobos solitários" e realizar ataques terroristas durante os Jogos Olímpicos do Rio.

Com Lusa

  • Madrid suspende governo regional da Catalunha

    Mundo

    O chefe do Governo espanhol anunciou hoje que decidiu acionar o artigo 155º da Constituição espanhola e pedir ao Senado a suspensão das funções do governo regional da Catalunha. Em conferência de imprensa justificou a adoção das medidas dada a "desobediência rebelde, sistemática e consciente" do Governo regional (Generalitat).

    Em atualização

  • Manifestações contra os incêndios um pouco por todo o país
    1:33

    País

    Estão marcadas para esta tarde várias manifestações contra os incêndios e as políticas florestais, mas também de homenagem às vítimas dos fogos que arrasaram o país. As iniciativas de protesto são quase todas organizadas através das redes sociais e por grupos de cidadãos.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.