sicnot

Perfil

Rio 2016

Kremlin espera que atletas fora das suspeitas de doping possam ir aos Jogos Olímpicos

Porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

© Sergei Karpukhin / Reuters

O Kremlin disse hoje esperar que o Comité Olímpico Internacional (COI) autorize que os atletas russos "limpos" possam participar nos Jogos Olímpicos Rio 2016, dois dias antes de o organismo renuir para se pronunciar sobre uma eventual exclusão da Rússia.

"Acreditamos que os desportistas que não estejam sob suspeita [de doping], nem tenham sido apanhados [por dopagem], devem poder participar nos Jogos Olímpicos", afirmou o porta-voz do Kremlin Dmitri Peskov.

O COI vai reunir no domingo, por telefone, para estudar o veredicto emitido na quinta-feira pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) de manter a proibição dos atletas russos de participarem nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

A Comissão Executiva do organismo olímpico poderá anunciar uma decisão final relativamente à suspensão da Rússia do maior evento desportivo mundial, por enquanto, limitada apenas ao atletismo.


Lusa

  • Fogo em Setúbal dominado
    2:31

    País

    O incêndio que deflagrou na terça-feira em Setúbal está dominado. As chamas chegaram a ameaçar as casas, o que obrigou à retirada de cerca de 500 pessoas das habitações, como medida de precaução. Também o Hotel do Sado teve de ser evacuado.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.