sicnot

Perfil

Rio 2016

Cinco canoístas russos excluídos dos Jogos Olímpicos

© Kai Pfaffenbach / Reuters

A Federação Internacional de Canoagem (ICF) anunciou hoje a exclusão de cinco canoístas russos dos Jogos Olímpicos Rio2016, no âmbito do caso de dopagem que envolve a Rússia.

"Estamos certos que se pisamos o risco não estaremos na linha de partida", referiu o secretário-geral da ICF, Simon Toulson, no momento em que a canoagem se torna a mais recente modalidade a excluir desportistas.

Os atletas excluídos pela canoagem são citados no relatório McLaren, um documento elaborado pelo canadiano Richard McLaren, professor de direito, que a pedido da Agência Mundial antidopagem extraiu conclusões no escândalo de doping na Rússia.

Entre os afetados estão Alexey Korovashkov, medalha de bronze nos Jogos Londres2012 em C2 1000 e cinco vezes campeão mundial, e Alexander Dyachenko, campeão olímpico na capital inglesa, nos 200 metros de K2.

Excluídos estão também Elena Aniushina, Natalia Podolskaya, e Andrey Kraitor, cujos nomes também são indicados no relatório.

"Em cada caso a ICF impõe uma imediata suspensão, independente de uma investigação, tornando os atletas indicados inelegíveis para competirem nos Jogos Olímpicos do Rio2016", acrescenta a ICF.

McLaren trouxe a lume não só nomes de vários atletas, mas identificou também o estado russo, com a colaboração dos serviços secretos, como conivente num esquema organizado de dopagem na Rússia, na falsificação ou adulteração de amostras.

Além de todo o atletismo russo, já proibido pela Associação das Federações Internacionais de Atletismo (IAAF), natação, remo, halterofilista e luta foram outras modalidades que já anunciaram a exclusão de atletas russos.

Lusa

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • Mais de 120 pessoas com hepatite A
    2:23

    País

    O surto de hepatite A já infetou 128 pessoas, 60 das quais estão internadas em hospitais de Lisboa e Coimbra. A Direção-Geral da saúde recomenda a vacinação apenas aos familiares dos doentes. Apesar de não haver ruptura de stocks, há farmácias que não têm vacinas.

  • Sobreviventes de Mossul relatam mutilações e execuções do Daesh
    1:32