sicnot

Perfil

Rio 2016

Putin diz que ausência de russos no Rio 2016 retira valor às medalhas

© Maxim Shemetov / Reuters

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, considerou hoje que a ausência de algumas das estrelas do desporto russo nos Jogos Olímpicos Rio 2016 irá abalar a qualidade da competição.

"É óbvio que a ausência de competidores russos - líderes em muitas disciplinas - baixa a fasquia e reduz a intensidade da competição e isso em relação aos eventos que se aproximam", referiu o governante à equipa olímpica russa.

Putin, que falou numa receção no Kremlin a atletas, entre os quais os suspensos Yelena Isinbayeva e Sergey Shubenkov salientou que as outras pessoas do desporto têm a noção de que "a qualidade das suas medalhas será diferente".

O presidente russo lamentou a exclusão de alguns atletas russos do Rio 2016, na sequência do escândalo de doping que afetou o desporto do país, e após um relatório ter denunciado a conivência estatal na manipulação de resultados de 'doping'.

"A situação atual não só vai para lá da esfera legal, ultrapassa o senso comum", disse Putin.

Mais de 100 atletas russos -- incluindo toda a equipa de atletismo, com exceção de Darya Klishina -- falharão os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que se disputam de 05 a 21 de agosto.

O Comité Olímpico Internacional (COI) deixou domingo, nas mãos de cada federação, a decisão em relação à possibilidade dos atletas competirem, com a IAAF a excluir todos menos Klishina, radicada nos Estados Unidos, enquanto outras têm indicado nomes.

Desde domingo aos 67 da equipa de atletismo juntaram-se mais 41 excluídos por outras federações.


Lusa

  • Comité russo admite que há atletas a violar as leis do doping
    1:27

    Rio 2016

    O Comité Olímpico da Rússia assumiu que há atletas que estão a violar as leis do doping. Dos 387 inicialmente apurados apenas 300 estão autorizados a participar nos Jogos, podendo este número diminuir. O Comité Olímpico Internacional deixou a decisão nas mãos das várias federações internacionais e, para já, só a federação internacional de Judo autorizou os russos a participar nos Jogos Olímpicos.

  • Putin admite que não vai à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos
    2:15

    Rio 2016

    O Kremlin reagiu esta segunda-feira à decisão do Comité Olímpico Internacional de não excluir toda a comitiva olímpica. Vladimir Putin considera que se está a criar uma ideia injusta sobre a Rússia. O presidente fez saber que não vai à cerimónia de abertura, mesmo que participem atletas russos. A decisão está nas mãos de cada uma das federações.

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.