sicnot

Perfil

Rio 2016

ONU apela a uma trégua nos conflitos durante olimpíadas

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, apela a uma trégua olímpica em todo o mundo durante a celebração dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro.

"Apesar de esta visão parecer impossível, de tão ambiciosa, o espírito desportivo interpela-nos para estarmos à altura do desafio", disse, em comunicado, recordando que o ideal dos Jogos Olímpicos é transcender os limites do possível.

Neste sentido, Ban Ki-Moon apela "às partes beligerantes a empenharem-se para silenciar as armas nos campos de batalha da mesma forma que os desportistas o fazem para conquistar medalhas".

O responsável máximo das Nações Unidas sublinhou que uma pausa nos combates "evidenciaria os valores que os Jogos visam promover: o respeito, a amizade, a solidariedade e a igualdade".

Acentuando a circunstância de os Jogos se realizarem pela primeira vez na América Latina, Ban Ki-Moon defendeu a necessidade de fazer mais para responder às causas dos conflitos armados e das migrações forçadas de pessoas.

"Que a serenidade da Chama Olímpica silencie o som dos disparos", reclamou.

O Rio de Janeiro acolhe os Jogos Olímpicos de 5 a 21 de agosto e os Jogos Paralímpicos de 7 a 18 de setembro.

Lusa

  • Queda de avioneta em Espanha causa 4 mortos

    Mundo

    Uma avioneta com destino a Cascais, em que seguia uma família de quatro pessoas - dois adultos e dois menores - caiu em Sotillo de las Palomas, em Toledo, Espanha.

    Em desenvolvimento

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.