sicnot

Perfil

Rio 2016

Ministro russo diz que delegação olímpica já soma 266 desportistas

© Sergei Karpukhin / Reuters

A delegação russa para os Jogos Olímpicos Rio 2016, que começam a 5 de agosto, é composta atualmente por 266 desportistas, disse hoje o ministro russo do Desporto, embora a presença de muitos deles no Brasil seja ainda incerta.

"Neste momento, posso dizer que estaremos representados em 29 disciplinas de 34, com 266 pessoas", afirmou Vitaly Mutko, numa entrevista ao canal de televisão desportivo Match-TV.

Além dos 67 atletas excluídos pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) na sequência da revelação de um sistema de dopagem patrocinado pelo Estado, dezenas de outros desportistas estão impedidos de participar nos Jogos, nomeadamente em remo, natação e luta.

Segundos uma contagem feita pela agência noticiosa francesa AFP, 117 desportistas russos estão identificados como oficialmente excluídos dos Jogos do Rio de Janeiro, ou seja, cerca de um terço na delegação inicialmente prevista.

Na mesma entrevista, Mutko explicou que a Rússia aguarda ainda hoje uma decisão definitiva sobre a sua equipa de natação, para já amputada de sete elementos.

Na sexta-feira, a Federação Internacional de Halterofilismo baniu os oito membros que compunham a equipa olímpica russa, indicando que o país devia assumir coletivamente o castigo pelos sete controlos positivos obtidos a partir das novas análises às amostras de Londres2012 e Pequim2008.

Mutko insurgiu-se contra a decisão afirmando "deveriam permitir a participação a todos os desportistas de reputação irrepreensível".

Depois da divulgação do relatório sobre o sistema de doping no desporto russo, o Comité Olímpico Internacional (COI) decidiu não suspender toda a delegação, atribuindo às federações internacionais o poder de fazer a sua própria triagem.

Algumas federações transmitiram ao COI uma lista dos desportistas russos autorizados a participar nos Jogos, que se realizam de 05 a 21 de agosto, mas serão os responsáveis do COI, que se reúnem hoje e domingo no Rio de Janeiro, a tomar uma decisão final, após parecer de um especialista mandatado pelo Tribunal Arbitral do Desporto.

Lusa

  • Buscas no Benfica, P. Ferreira, V. Setúbal e Desportivo das Aves

    Desporto

    A Polícia Judiciária do Porto está a fazer buscas à SAD do Benfica, no Estádio da Luz, e ainda ao Paços de Ferreira, Desportivo das Aves e Vitória de Setúbal. Em causa estão alegados crimes de corrupção desportiva e fraude fiscal. O clube da Luz já reagiu em comunicado.

    Em atualização

  • Sousa Cintra e Comissão de Gestão analisam futuro do Sporting
    2:37

    Crise no Sporting

    Sousa Cintra reuniu-se hoje com a Comissão de Gestão para analisar o que fazer no Sporting, depois da tomada de posição de Bruno de Carvalho. O presidente que foi destituído do cargo na Assembleia Geral de sábado, depois de dizer que se ia afastar, deixou depois a garantia de que vai impugnar a reunião magna do clube e vai a eleições.

  • Lei que permite a entrada de animais em espaços de restauração gera dúvidas
    2:23

    País

    A lei que permite a entrada de animais de companhia em estabelecimentos de restauração, que entrou hoje em vigor, está a gerar dúvidas para os proprietários. Até ao momento são poucos os estabelecimentos que aderiram e a previsão é para que assim continue. A DECO questionou 1800 pessoas sobre a presença dos animais nos restaurantes e apenas 25% votou a favor.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes

  • Gato reencontra dono 10 anos depois de ter desaparecido

    Mundo

    A Blue Cross recolheu no mês passado um gato que tinha sido dado como desaparecido em 2008, num altura em que o dono Mark Salisbury residia em Ipswich, Suffolk, no Reino Unido. Graças ao microchip de Harry, a associação britânica que se dedica à proteção animal, conseguiu localizar Salisbury, que agora vive em Gloucestershire.