sicnot

Perfil

Rio 2016

Ministro russo diz que delegação olímpica já soma 266 desportistas

© Sergei Karpukhin / Reuters

A delegação russa para os Jogos Olímpicos Rio 2016, que começam a 5 de agosto, é composta atualmente por 266 desportistas, disse hoje o ministro russo do Desporto, embora a presença de muitos deles no Brasil seja ainda incerta.

"Neste momento, posso dizer que estaremos representados em 29 disciplinas de 34, com 266 pessoas", afirmou Vitaly Mutko, numa entrevista ao canal de televisão desportivo Match-TV.

Além dos 67 atletas excluídos pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) na sequência da revelação de um sistema de dopagem patrocinado pelo Estado, dezenas de outros desportistas estão impedidos de participar nos Jogos, nomeadamente em remo, natação e luta.

Segundos uma contagem feita pela agência noticiosa francesa AFP, 117 desportistas russos estão identificados como oficialmente excluídos dos Jogos do Rio de Janeiro, ou seja, cerca de um terço na delegação inicialmente prevista.

Na mesma entrevista, Mutko explicou que a Rússia aguarda ainda hoje uma decisão definitiva sobre a sua equipa de natação, para já amputada de sete elementos.

Na sexta-feira, a Federação Internacional de Halterofilismo baniu os oito membros que compunham a equipa olímpica russa, indicando que o país devia assumir coletivamente o castigo pelos sete controlos positivos obtidos a partir das novas análises às amostras de Londres2012 e Pequim2008.

Mutko insurgiu-se contra a decisão afirmando "deveriam permitir a participação a todos os desportistas de reputação irrepreensível".

Depois da divulgação do relatório sobre o sistema de doping no desporto russo, o Comité Olímpico Internacional (COI) decidiu não suspender toda a delegação, atribuindo às federações internacionais o poder de fazer a sua própria triagem.

Algumas federações transmitiram ao COI uma lista dos desportistas russos autorizados a participar nos Jogos, que se realizam de 05 a 21 de agosto, mas serão os responsáveis do COI, que se reúnem hoje e domingo no Rio de Janeiro, a tomar uma decisão final, após parecer de um especialista mandatado pelo Tribunal Arbitral do Desporto.

Lusa

  • " A melhoria das contas públicas não foi feita à custa dos portugueses"
    1:30

    País

    Numa espécie de balaço deste ano e meio de governação, o primeiro-ministro voltou a assinalar voltou a assinalar a redução do défice e as melhorias nas contas públicas. Num jantar com militantes em Coimbra, António Costa garantiu ainda que a "verdadeira reforça do Estado avança até ao final desta legislatura, que é a Descentralização.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • Norte também quer naturismo e praias de nudistas

    País

    O presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal defendeu hoje a criação de praias naturistas legalizadas na região, fazendo a apologia da formação de associações e negando que este seja um destino conservador.