sicnot

Perfil

Rio 2016

Agência Antidopagem descarta responsabilidade sobre confusão com atletas russos

reuters

A Agência Mundial Antidopagem (AMA) reagiu hoje a críticas sobre responsabilidades na confusão que envolve a participação dos desportistas russos nos Jogos Olímpicos, a poucos dias do Rio 2016, afirmando que agiu assim que teve "provas corroboradas".

"A AMA compreende que o timing (18 de julho) da publicação do relatório McLaren foi desestabilizador para numerosas organizações", refere a agência em comunicado, comentando assim as críticas de Thomas Bach, presidente do Comité Olímpico Internacional, que, implicitamente, responsabilizava a organização sobre o atual estado das coisas.

Segundo a AMA, ela "agiu imediatamente em relação às alegações que visavam a Rússia, logo que dispôs de provas corroboradas e do poder de o fazer no quadro do Código Mundial Antidopagem".

Domingo, Bach tinha dito, por seu lado, que "o COI não é responsável pelo timing da publicação do relatório McLaren". Bach acrescentou que o COI "enviou várias informações à AMA há alguns anos, sem consequências", acrescentou.

"Apenas quando a CBS e o New York Times publicaram, a 8 e 12 de maio, as alegações do antigo diretor do laboratório de análises antidoping de Sochi, Grigory Rodchenkov, é que a AMA teve provas concretas que sugeriam o envolvimento do Estado russo e permitiram que se avançasse de imediato para o relatório McLaren", refere Craig Reedie, presidente da AMA, citado no comunicado.

Segundo o relatório McLaren, haveria uma situação de doping de Estado, o que determinou o COI a pedir, a 24 de julho, que as federações internacionais da modalidade excluíssem atletas russos dopados ou presumivelmente dopados.

De início com 387 atletas na delegação, a Rússia viu o seu contingente descer já para 266 atletas, em 29 modalidades. O total de atletas russos para o Rio 2016 só deverá ficar fixado na terça-feira.

Lusa

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.