sicnot

Perfil

Rio 2016

Brasil quer receber lista de passageiros que entram no país 72 horas antes

© Ricardo Moraes / Reuters

A Polícia Federal do Brasil quer receber com 72 horas de antecedência a lista de passageiros que embarcam no estrangeiro com destino ao país, disse na segunda-feira uma fonte policial.

Durante a inauguração do centro internacional de cooperação policial, que funcionará durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, o chefe da Interpol no Brasil e delegado da Polícia Federal, Valdecyr Urquiza Júnior, citado pelo jornal Folha de São Paulo, disse que o procedimento deve entrar em vigor "no curso dos Jogos".

Os nomes dos passageiros serão cruzados com uma lista internacional de 3.000 suspeitos de terrorismo e outros 44 mil de crimes de outra natureza.

Atualmente, os nomes dos passageiros são enviados ao Brasil a partir do momento em que o avião inicia os procedimentos de descolagem.

Agentes de segurança estrangeiros irão participar no sistema, verificando nomes de compatriotas diretamente nas listas de dados dos seus países de origem.

Na inauguração do Centro de Cooperação Policial Internacional (CCPI), em Brasília, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, e o diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, destacaram que o sistema de cooperação internacional para os Jogos é o maior da história do país e da Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal).

Leandro Daiello referiu que um sistema semelhante já foi utilizado para o Campeonato do Mundo de Futebol de 2014, no Rio de Janeiro, quando "a segurança foi reconhecida como um dos pontos mais importantes" da competição.

Segundo o chefe da Interpol no Brasil, a Polícia Federal também utiliza um sistema de reconhecimento facial e as imagens são recolhidas em diversos pontos de circulação, como aeroportos ou arenas desportivas.

O ministro da Justiça acrescentou que foi ainda acionado um novo sistema de recolha e verificação de impressões digitais de todos os passageiros que desembarcam no Brasil.

"Fizemos a lição de casa. Tudo de mais moderno, tudo que há de integração com outros país, informação e inteligência, nós temos no Brasil. Então, nós estamos preparados para qualquer eventualidade", realçou o governante.

Um outro CCPI deverá ser inaugurado hoje no Rio de Janeiro.

Os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos decorrem de sexta-feira a 18 de setembro.

Lusa

  • Sismo de magnitude 4,0 provoca um morto em Nápoles

    Mundo

    Um sismo de magnitude 4,0 na escala de Richter atingiu esta segunda-feira a ilha de Ísquia no golfo de Nápoles, no mar Tirreno, no sul de Itália. De acordo com o jornal La Stampa uma mulher terá morrido e dois feridos estarão em perigo de vida.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.