sicnot

Perfil

Rio 2016

"Estar na Aldeia Olímpica é uma experiência única"

O treinador da seleção olímpica portuguesa de futebol afirmou esta terça-feira que estar na Aldeia Olímpica do Rio2016 é uma "experiência única", apesar de alterar algumas rotinas na formação das 'quinas'.

"É uma experiência única", afirmou, em conferência de imprensa, no Estádio Olímpico, Rui Jorge, que, como jogador, ficou fora desse espaço há 20 anos, quando representou a formação das 'quinas' nos Jogos Olímpicos Atlanta96.

Segundo Rui Jorge, "é interessante viver num ambiente desportivo com grandes ícones do desporto", que vão encontrando, como "(Novak) Djokokic, (Rafael) Nadal ou (Pau) Gasol", só para "referir os mais conhecidos".

"São muitos atletas e todos fizeram algo de valioso, de excecional, para estar aqui", disse, acrescentando: "De facto, é uma experiência diferente estar na Aldeia Olímpica, mas nós adaptamo-nos".

"Esta equipa gosta disso, de se adaptar. Não necessitamos de luxo e conseguimos conviver numa Aldeia Olímpica", prosseguiu o técnico português.

Rui Jorge reconheceu, porém, que estar junto com os outros atletas "altera algumas rotinas".

"Não é um hotel, em que temos as nossas horas, em que tudo é marcado por nós, mas, com organização, conseguimos adaptar-nos", finalizou Rui Jorge.

A seleção olímpica de futebol de Portugal estreia-se no Rio2016 na quinta-feira, frente à Argentina, num embate marcado para as 18:00 locais (22:00 em Lisboa), no Estádio Olímpico, no Rio de Janeiro.

Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC