sicnot

Perfil

Rio 2016

Marchadora Inês Henriques quer ficar no Top 10

A marchadora portuguesa Inês Henriques manifestou esta terça-feira o desejo de ficar nos dez primeiros lugares na prova dos 20 quilómetros de marcha dos Jogos Rio2016, lembrando que conquistar uma medalha olímpica será muito complicado.

"Não vou falar em medalhas de forma nenhuma. As medalhas é algo que não é fácil conquistar, mas estou na partida e tudo pode acontecer. O meu grande objetivo são os dez primeiros. Se ficar em quarto não fico triste, era fantástico", começou por dizer a atleta e enfermeira, antes de uma homenagem da Ordem do Enfermeiros, em Lisboa.

A marchadora, de 36 anos, destacou o vasto conhecimento em provas desta importância, confessando estar impressionada com a resposta do seu corpo.

"Será a minha terceira participação (Jogos Olímpicos). Em 2004 (Atenas) fui 25.ª, em 2012 (Londres) fui 15.ª e já tenho muitos anos de experiência. O meu corpo este ano surpreendeu-me muito. Já bati o meu recorde pessoal três vezes, em que duas foram consecutivas", explicou.

Inês Henriques frisou ainda que "é ambiciosa, quer sempre mais", salientando a necessidade "ter alguma contenção pois os seres humanos não são máquinas". ,

"A preparação tem sido muito boa. Tenho conseguido fazer treinos melhor do que nunca e, muitas vezes, não vou ao limite. Sinto que tenho que ter alguma calma. Eu podia insistir e tentar ainda mais, mas é melhor ir pelo seguro e, se insistir mais, posso estragar", reiterou.

Relativamente à segurança da competição e da organização da aldeia olímpica, a atleta admitiu estar receosa, preferindo manter-se afastada dos locais mais povoados.

"Vou partir mais tarde e essas situações devem estar resolvidas quando eu chegar. O que tenho mais receio é em termos de segurança e espero que não haja problemas. Os atentados metem-me muito respeito porque, sem dúvida nenhuma, nos Jogos Olímpicos estão pessoas de todo o mundo e pode ser um alvo. Não quero estar em aglomerados para estar mais tranquila", alertou.

  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • Atrás das Câmaras em Fátima
    2:48
  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15
  • PS quer reconquistar poder em Vila Viçosa
    2:06

    Autárquicas 2017

    Ana Catarina Mendes insistiu na ideia de que o PSD escolheu um modo perigoso de fazer campanha, ao insistir nas críticas à lei da imigração. Ana Catarina Mendes, secretária-geral adjunta do PS, esteve esta quarta-feira em campanha no distrito de Évora.

  • Troca de argumentos entre Medina e Cristas marca campanha em Lisboa
    2:34

    Autárquicas 2017

    Esta quarta-feira o dia de campanha em Lisboa ficou marcado por uma troca de argumentos entre Fernando Medina e Assunção Cristas. O atual presidente da Câmara acusa a candidata do CDS de não respeitar os lisboetas por admitir que pode não exercer o cargo de vereadora até ao fim do mandato. Já Assunção Cristas garante que se for eleita cumpre o mandato até ao fim.

  • "Não toleramos ameaças de ninguém"
    2:13
  • Número de tartarugas marinhas está a aumentar

    Mundo

    O número de tartarugas marinhas está a crescer, levando investigadores a considerar que os esforços para salvar estes animais são uma "história de sucesso da conservação global", indica um estudo divulgado esta quarta-feira.

  • Tubarões vivem mais tempo do que se pensava

    Mundo

    Uma revisão de dados sobre avaliação da idade dos tubarões revela que muitas espécies têm maior longevidade do que se pensava, o que poderá obrigar a uma revisão dos planos de conservação das mais ameaçadas. Um estudo que será publicado na quinta-feira pela revista científica Nature faz uma revisão de dados recolhidos por investigações anteriores sobre os principais predadores marinhos e conclui que muitas estimativas sobre o grau de ameaça de muitas espécies, e, consequentemente, decisões sobre níveis sustentáveis de pesca assentam em dados incorretos.

  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.

  • Casal morre com horas de diferença depois de 75 anos de casamento

    Mundo

    George e Jean Spear morreram no passado dia 15 de setembro, no hospital de Queensway Carleton, em Ottawa (Canadá), depois de terem celebrado 75 anos de casamento em agosto. A britânica de 94 anos conheceu o candaniano em 1941, num salão de bailes, em Londres. George Spear servia as Forças Armadas durante a Segunda Guerra Mundial.

    SIC