sicnot

Perfil

Rio 2016

Nadal vai jogar torneios singulares, pares e pares mistos no Rio 2016

O espanhol Rafael Nadal anunciou na terça-feira que vai jogar os torneios de singulares, pares e pares mistos nos Jogos Olímpicos Rio2016, depois de a sua presença no Brasil ter estado incerta devido a uma lesão.

"Depois de falar com toda a equipa, decidimos que eu vou jogar os singulares e tudo o que é possível", afirmou Nadal no Rio de Janeiro no final de um treino.

O número cinco do mundo, de 30 anos, não compete desde o seu abandono antes da terceira eliminatória do torneio de Roland Garros, em França, devido a uma lesão no punho esquerdo.

Vencedor de 14 torneios do 'Grand Slam' e campeão olímpico em 2008, nadal será o porta-estandarte da Espanha na cerimónia de abertura dos Jogos, na sexta-feira.

Nadal é um dos dois jogadores do 'top-10' mundial que já chegou ao Rio de Janeiro, a par do britânico Andy Murray, detentor do título.

Lusa

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem no Coachella e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.