sicnot

Perfil

Rio 2016

Estádio Olímpico continua em acabamentos a dois dias do Rio 2016

O Estádio Olímpico João Havelange, palco do atletismo e alguns jogos do torneio de futebol, está um pouco como tudo o resto no Rio2016, em acabamentos, apesar de a competição já estar em marcha.

O embate entre Suécia e África do Sul, do Grupo E do torneio feminino de futebol, marca o regresso da 'casa' do Botafogo aos jogos de futebol 248 dias após o último, a receção do 'alvinegro' ao América, para a Série B do 'Brasileirão'.

Depois desse encontro, disputado a 28 de novembro de 2015, o Engenhão entrou para obras de remodelação e de aumento de capacidade, de menos de 45.000 espetadores para os atuais 60.000, com vista aos Jogos Olímpicos Rio2016.

O futebol está de regresso, mas a infraestrutura parece ainda em preparativos, a tentar estar pronta para uma competição que já arrancou.

Nas bancadas, os voluntários usam esferovite cor-de-rosa para tapar parafusos que estão à mostra e ameaçam lesionar alguém mais desprevenido, enquanto, um pouco por todo o interior do estádio, são visíveis equipas de manutenção.

Os problemas atingem as zonas de alimentação, onde só se consegue pagar com reais, com moedas ou notas, já que os cartões de crédito ou de débito não funcionam, alegadamente porque alguém se esqueceu de colocar uma palavra-passe nas máquinas.

Quanto ao setor dos jornalistas, os lugares sobram - à espera do atletismo, de Usain Bolt -, tal como os televisores, para auxiliar no trabalho, só que não funcionam, devido um problema técnico aparentemente irresolúvel: não há imagem.

Apesar de a Cerimónia de Abertura estar marcada apenas para sexta-feira, no Estádio Maracanã, as provas já começaram, com o futebol, se bem que que o Suécia-África do Sul mais pareça um teste, para mostrar tudo a funcionar a 'meio gás'.

Os Jogos Olímpicos Rio2016 arrancaram hoje com este jogo, o primeiro do torneio feminino de futebol, mas, oficialmente, apenas começam na sexta-feira, dia em que se realiza a Cerimónia de Abertura.

Lusa