sicnot

Perfil

Rio 2016

Marcelo entrega bandeira nacional ao porta-estandarte

O Presidente da República entregou esta quarta-feira a bandeira nacional ao porta-estandarte dos Jogos Olimpicos do Rio de Janeiro naquele que qualificou como "um momento de uma vida" e manifestou a expectativa de um "regresso com medalhas".

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu a bandeira nacional do comandante do navio escola Sagres, levou-a ao peito e entregou-a ao atleta João Rodrigues, que será o porta-estandarte na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos.

"Especial é este momento, é o momento de uma vida, é uma vez na vida que chega ao Brasil a Sagres, que foi recebida do Brasil antes de ser de Portugal e que portanto é luso-brasileira", afirmou o Presidente da República.

O chefe de Estado falava a bordo do navio-escola Sagres na ilha das Cobras, junto da Baía da Guanabara (Rio de Janeiro), que será a "casa de Portugal" durante as olimpíadas.

O presidente afirmou que é "uma vez na vida que os Jogos Olímpicos são realizados por essa grande potência mundial que fala português" e que para Portugal "é mais do que um irmão".

"É uma realidade difícil de definir tão forte é aquilo que sentimos no nosso coração, porque é feito de história, de cultura, de sentimentos, de afeto, de vivências comuns", defendeu.

O Presidente manifestou ainda uma "expectativa muito positiva no desempenho dos atletas olímpicos portugueses": "Entendemos que há da parte portuguesa uma possibilidade de regresso com medalhas".

"O Presidente República acolherá todos e de forma especial os medalhados, com muito júbilo em Portugal dentro de um mês", anunciou Marcelo Rebelo de Sousa.

O chefe de Estado sublinhou que, "em principio, todos concorrem para ganhar e por isso não há desigualdade nem discriminação possível", mas destacou que Portugal tem "campeões que o têm provado em provas europeias, mundiais e até em anteriores jogos olímpicos".

"Por isso, a expectativa é uma expectativa muito positiva", afirmou.

Este é o primeiro de seis dias de uma visita que o chefe de Estado está a afetuar ao Brasil.

Lusa

  • "Vi o Bas Doost a jorrar sangue para o chão (...) revoltei-me!"
    3:28
  • "Esta semana parecia um filme de terror"
    2:24

    Desporto

    O treinador do Sporting falou pela primeira vez à imprensa desde as agressões de que foi alvo em Alcochete. Jorge Jesus disse que a última semana "parecia um filme de terror" e deixou um agradecimento especial aos adeptos e à "capacidade emocional" dos jogadores.

  • Já se pode pescar sardinha mas há limitações

    País

    A proibição da pesca da sardinha termina hoje, podendo, até 31 de julho, os pescadores capturar 4.855 toneladas, com limites diários, medidas de proteção dos juvenis e monitorização da pescaria, disse à Lusa o Ministério do Mar.

  • Nicolas Maduro vence presidenciais na Venezuela

    Mundo

    O chefe de Estado venezuelano, Nicolas Maduro, foi declarado vencedor das eleições presidenciais de domingo pela autoridade eleitoral, com perto de 70% dos votos, depois de contados quase todos os boletins.

  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29