sicnot

Perfil

Rio 2016

Marcelo entrega bandeira nacional ao porta-estandarte

O Presidente da República entregou esta quarta-feira a bandeira nacional ao porta-estandarte dos Jogos Olimpicos do Rio de Janeiro naquele que qualificou como "um momento de uma vida" e manifestou a expectativa de um "regresso com medalhas".

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu a bandeira nacional do comandante do navio escola Sagres, levou-a ao peito e entregou-a ao atleta João Rodrigues, que será o porta-estandarte na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos.

"Especial é este momento, é o momento de uma vida, é uma vez na vida que chega ao Brasil a Sagres, que foi recebida do Brasil antes de ser de Portugal e que portanto é luso-brasileira", afirmou o Presidente da República.

O chefe de Estado falava a bordo do navio-escola Sagres na ilha das Cobras, junto da Baía da Guanabara (Rio de Janeiro), que será a "casa de Portugal" durante as olimpíadas.

O presidente afirmou que é "uma vez na vida que os Jogos Olímpicos são realizados por essa grande potência mundial que fala português" e que para Portugal "é mais do que um irmão".

"É uma realidade difícil de definir tão forte é aquilo que sentimos no nosso coração, porque é feito de história, de cultura, de sentimentos, de afeto, de vivências comuns", defendeu.

O Presidente manifestou ainda uma "expectativa muito positiva no desempenho dos atletas olímpicos portugueses": "Entendemos que há da parte portuguesa uma possibilidade de regresso com medalhas".

"O Presidente República acolherá todos e de forma especial os medalhados, com muito júbilo em Portugal dentro de um mês", anunciou Marcelo Rebelo de Sousa.

O chefe de Estado sublinhou que, "em principio, todos concorrem para ganhar e por isso não há desigualdade nem discriminação possível", mas destacou que Portugal tem "campeões que o têm provado em provas europeias, mundiais e até em anteriores jogos olímpicos".

"Por isso, a expectativa é uma expectativa muito positiva", afirmou.

Este é o primeiro de seis dias de uma visita que o chefe de Estado está a afetuar ao Brasil.

Lusa

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.