sicnot

Perfil

Rio 2016

Temer afirmou estar tranquilo sobre a segurança durante o Rio 2016

O Presidente interino do Brasil, Michel Temer, afirmou esta quarta-feira que está com "tranquilidade absoluta" no que respeita à segurança durante os Jogos Olímpicos, que serão inaugurados na próxima sexta-feira no Rio de Janeiro.

"Estou absolutamente tranquilo. É comum que, nos momentos que antecedem grandes encontros internacionais, existam notícias que ponham em dúvida a segurança, mas estou com tranquilidade absoluta", afirmou Temer, num evento das Forças Armadas.

A operação de segurança pensada para os Jogos Olímpicos contempla a participação de quase 90.000 agentes, entre membros das Forças Armadas e de organismos policiais, tanto nacionais como regionais e municipais.

O mandatário interino, que assistiu à cerimónia junto da mulher, Marcela Tedeschi Temer, reiterou a sua convicção de que os Jogos Olímpicos ajudarão a projetar a imagem do país no mundo "por meio do desporto, que oferece sempre uma perspetiva de paz".

Lusa

  • Mergulhadores espanhóis e forenses envolvidos nas buscas no rio Minho
    0:35

    País

    A Polícia Marítima confirmou à SIC que já estão a ser efetuados os primeiros mergulhos à superfície com uma equipa de mergulhadores espanhóis, que foram os primeiros a chegar a local. Durante a tarde desde domingo deve chegar ao local a equipa de mergulhadores forenses de Lisboa para ajudaram nas operações de busca ao pescador que desapareceu ontem à noite de em Alvaredo, concelho de Melgaço, no distrito de Viana do Castelo.

  • Portugal vai começar a testar carros autónomos com Espanha
    1:57

    País

    Portugal vai começar a testar carros sem condutor. O acordo entre os governos português e espanhol foi recentemente assinado para criar corredores onde os veículos possam circular. Um dos objetivos deste novo conceito é diminuir a sinistralidade.

  • Portugal vai testar capacidade de resposta a ciberataque
    0:22

    País

    O exercício está marcado para os dias 09 e 10 de maio e é o primeiro a nível nacional a testar um ciberataque em Portugal. O teste é organizado pelo Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) para apurar "o "grau de preparação" das várias entidades públicas e privadas, mas já conclusões a ter em conta. Segundo o coordenador do CNCS, Pedro Veiga confirma-se tendência para os ataques serem cada vez mais sofisticados e é preciso alertar a população para o que publicam na internet e se pode colocar em risco a privacidade e a segurança.

  • As suspeitas que recaem sobre Ricardo Salgado e Manuel Pinho
    2:00