sicnot

Perfil

Rio 2016

Twitter cria mais de 200 emojis para os Jogos Olímpicos

© Athit Perawongmetha / Reuters

O Twitter anunciou hoje a criação de mais de 200 emojis específicos para os Jogos Olímpicos Rio 2016, podendo ser utilizados no Periscópio, a sua aplicação live-streaming, segundo informou a empresa num comunicado.

"O Twitter, Vine e o Periscópio ofereceram aos seus utilizadores um acesso único a tudo o que acontece dentro do evento, inclusive comentários, destaques e conversas durante os Jogos, enquanto a ação está a decorrer", explicou Leslie Berland, diretor de marketing do Twitter.

Neste sentido, o Periscópio contará com um "canal dedicado a conteúdos específicos das Olimpíadas" e Vine mostrará conteúdos relacionados com os Jogos Olímpicos na sua secção Explora da aplicação móvel.

A rede social de 140 caracteres também poderá colocar à disposição dos seus utilizadores diversas contas oficiais, como @Olympics e @Rio2016, tal como hashtags para que os fãs de todo o mundo "possam estar perto da ação" e observar o que acontece com as suas respetivas delegações, "antes, durante e depois dos principais atletas competirem para alcançar a vitória".

Na própria cidade dos Jogos Olímpicos, Rio de Janeiro, a empresa vai projetar tweets de todo o mundo sobre o aqueduto da cidade, Arcos de Lapa, e um autocarro turístico chamado Twitter Buzz irá exibir nas suas janelas os tweets em direto e as retransmissões do Periscópio, "enquanto faz os seus percursos pela cidade e usufrui de Wi-Fi gratuito.

Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras