sicnot

Perfil

Rio 2016

Arranque do futebol no dia em que a bandeira portuguesa é hasteada na Aldeia Olímpica

© Pilar Olivares / Reuters

A bandeira de Portugal será hoje hasteada na Aldeia Olímpica do Rio 2016, no mesmo dia em que a seleção de futebol marcará a estreia desportivas das cores lusas nos Jogos da XXXI Olimpíada.

Numa cerimónia marcada para as 9:30 (13:30 em Portugal continental), a bandeira portuguesa será içada na zona internacional da Aldeia Olímpica, num evento em que deverão estar grande parte dos atletas portugueses que já chegaram ao Rio de Janeiro.

Mais tarde, às 18:00 (22:00), a seleção olímpica de futebol regressa aos Jogos Olímpicos 12 anos depois da última presença, defrontando a Argentina no encontro da primeira jornada do Grupo D.

Depois de grandes dificuldades para construir a equipa que levou ao Rio de Janeiro, com muitas recusas de jogadores e clubes, Rui Jorge terá ainda algumas dores de cabeças para escolher o 'onze', uma vez que Salvador Agra, Carlos Mané e Gonçalo Paciência tiveram problemas físicos durante a semana.

No Engenhão, como é conhecido o Estádio Olímpico, Portugal vai encontrar a campeã olímpica de 2004 e 2008, que venceu os 12 últimos encontros que disputou em Jogos - não esteve em Londres 2012.

O guatemalteco Walter Lopez será o árbitro da partida e terá como assistentes o costarriquenho Leonel Leal (Costa Rica) e o compatriota Gerson Lopez, enquanto o neozelandês Matt Conger será o quarto árbitro.

Lusa

  • Celebridades protestam contra Donald Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os discursos de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa estiveram no Jornal da Noite da SIC, onde analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O Diretor de Informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Encontrados dez sobreviventes no hotel engolido por um avalanche em Itália
    1:44
  • Videoclipe mostra mulheres a fazer tudo o que é proibido na Arábia Saudita
    1:55

    Mundo

    Um grupo de mulheres canta, dança e faz outras coisas proibidas na Arábia Saudita como forma de protesto. O vídeo é uma crítica social à forma como as mulheres islâmicas são tratadas pelos maridos. Na letra constam frases como "Faz com que os homens desapareçam da terra" e "Eles provocam-nos doenças psicológicas". A ideia partiu de um homem, Majed al-Esa e já conta com 5 milhões de visualizações.

    Patrícia Almeida