sicnot

Perfil

Rio 2016

Comité Olímpico confirma 271 desportistas russos nos Jogos Olímpicos

O Comité Olímpico Internacional (COI) confirmou, na quinta-feira, que 271 desportistas russos, entre os 389 que formavam "a lista original", foram autorizados a competir nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

De acordo com o COI, todos os atletas passaram o último filtro para o cumprimento das normas antidopagem: o exame de um painel constituído pelo COI e formado pelos membros da sua comissão executiva Juan Antonio Samaranch, de Espanha, Ugur Erdener, da Turquia, e Claudia Bokel, da Alemanha.

O presidente do comité russo já tinha avançado, umas horas antes, que o COI tinha dado o aval a "uns 270 desportistas".

Em comunicado, o COI assegura que a medida foi baseada nas decisões das federações internacionais", que terão levado em conta "apenas os comntrolos internacionais completamente fiáveis e as especificidades e regras de cada desporto".

Depois da divulgação do Relatório McLaren, decidido pela Agência Mundial Antidopagem (AMA), que revelou a 18 de julho passado que a Rússia tinha criado um processo de doping de Estado, o COI permitiu às federações internacionais que tivessem a possibilidade de examinar os desportistas russos, sendo que o painel do COI seria o último filtro.

Já tinham sido excluídos do Rio 2016 todos os desportistas do atletismo, exceto a saltadora em comprimento Daria Klishina, que se treina nos Estados Unidos, toda a equipa de halterofilismo, 17 remadores, seis ciclistas e cinco canoístas.

Lusa

  • Um homem de 83 anos é a 42.ª vítima dos incêndios
    1:27

    País

    Subiu para 42 o número de vítimas mortais nos incêndios deste domingo. Um homem de 83 anos foi encontrado sem vida em Lugar de Covelo, em Vouzela. O número de feridos mantém-se, 14 estão em estado grave. A maior parte das mortes aconteceu no distrito de Coimbra (20) e Viseu (19). Segundo a Proteção Civil, já não há desaparecidos. Sete pessoas estavam dadas como desaparecidas e apenas uma foi encontrada sem vida. Um bebé de poucos meses tinha sido dado como morto, mas foi encontrado com vida.

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08