sicnot

Perfil

Rio 2016

Medalha olímpica é o sonho de João Sousa e Gastão Elias

ANTONIO COTRIM

Os tenistas portugueses João Sousa e Gastão Elias partilham o sonho de uma medalha olímpica, mas preferem pensar ganhar ronda a ronda no torneio olímpico do Rio 2016.

"A minha missão olímpica, como na vida, é dar o melhor de mim, dar tudo por tudo para vencer cada encontro disputado, com a responsabilidade de representar Portugal. Obviamente, uma medalha olímpica é o sonho de qualquer atleta, mas há que ser realista. No ténis, tudo pode acontecer e eu acho que é importante pensar encontro a encontro, com as expectativas altas, mas com os pés bem assentes na terra", resumiu João Sousa.

O número um nacional, que na primeira ronda do torneio olímpico vai defrontar o holandês Robin Haase, 62.º jogador mundial, defendeu que não há sorteios fáceis.

"Todos os jogadores aqui presentes têm mérito de aqui estar. Estar nuns Jogos Olímpicos não é para todos e vai ser, sem dúvida, um encontro difícil. É um jogador que conheço razoavelmente bem, porque já coincidi com ele várias vezes em torneios", explicou Sousa, revelando estar a adaptar-se bem às condições do Centro Olímpico de Ténis.

Caso vença Haase na primeira ronda, o 36.º jogador ATP poderá defrontar o número um mundial, o sérvio Novak Djokovic.

"O Djokovic é um dos melhores jogadores da história do meu desporto e seria, para mim, um privilégio, no caso de eu e ele vencermos, poder defrontá-lo nuns Jogos Olímpicos, num ambiente como este. Seria uma ótima notícia", assumiu em declarações à imprensa, na Aldeia Olímpica do Rio 2016.

Também Gastão Elias sonha chegar o mais longe possível no torneio olímpico de ténis, uma missão que "um sorteio positivo" - vai estrear-se contra o australiano Thanasi Kokkinakis (452.º), que entrou no quadro graças ao ranking protegido.

"Tinha outros jogadores bem mais complicados para apanhar na primeira ronda. Obviamente é um adversário perigoso, que esteve no top 100. Embora não jogue há algum tempo, vai ser um jogo perigoso. Este torneio é diferente de todos os outros. Acredito que seja mais um ambiente de Taça Davis do que de um torneio ATP. Acredito que ele vá ter muitos australianos a apoiá-lo e isso, muitas vezes, faz com que os jogadores subam de nível e isso pode-se tornar perigoso", analisou.

No entanto, se jogar a bom nível, o número dois nacional sabe que terá uma boa oportunidade de seguir em frente.

"A minha meta para o torneio não é uma meta, é um sonho, que seria a medalha. A este nível é muito difícil. Pode-se jogar muito bem e perder, portanto a minha meta vai ser dar o 100% e lutar até ao final. Depois aí, as vitórias vão aparecer ou não. Esperemos que, pelo menos, ganhe algumas rondas", confessou.

Gastão Elias, que na segunda-feira se tornou no terceiro melhor tenista nacional de sempre ao subir à 61.ª posição do ranking, rejeitou as críticas feitas aos courts do complexo, assegurando que está tudo impecável.

"Claro que nestes últimos dias estão a dar os últimos retoques, mas pareceu-me bastante bem. Nestes últimos dias, também treinámos com um bocadinho de vento e não foi fácil a adaptação. Mas hoje já foi bastante melhor, ate agora nada a reclamar", prosseguiu, admitindo que está a adorar os campos e as condições encontradas.

Lusa

  • "Claramente que há mandantes e que foi uma operação organizada"
    4:14

    Crise no Sporting

    Os 23 detidos por suspeitas de terem participado no ataque à Academia de Alcochete ficaram em prisão preventiva. Miguel Sousa Tavares considera que a decisão "é mais para ser exemplar". O comentador da SIC acredita que há mandantes e que esta foi uma "operação organizada". Sousa Tavares diz ainda que os "políticos não têm coragem para impor as leis" e que em Portugal "brinca-se com a lei".

    Miguel Sousa Tavares

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.

  • Jovem britânico em fuga é detido depois de responder à polícia no Facebook

    Mundo

    Através do Facebook, a polícia de West Yorkshire mostrou-se preocupada perante o desaparecimento de um jovem de 21 anos e pediu por informações que pudessem leva-los a descobrir Leon Smith. Contudo, o que não deveriam estar à espera, era que o próprio desaparecido respondesse na rede social e que desafiasse a polícia a "fazer o seu trabalho". As autoridades acabaram por localizar o jovem no mesmo dia.

    SIC