sicnot

Perfil

Rio 2016

Pelé não vai acender a pira olímpica por problemas físicos

© Paulo Whitaker / Reuters

O histórico jogador de futebol brasileiro Pelé informou, horas antes da Cerimónia de Abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016, que não vai acender a pira olímpica por problemas físicos.

Em comunicado, Pelé começou por dizer que só Deus é mais importante do que a sua saúde e lembrou que na sua vida sofreu "fraturas, cirurgias, dores, internações em hospitais, vitórias e derrotas", e sempre respeitou aqueles que o admiram.

Pelé sublinhou que sempre procurou "não dececionar" a sua família e o povo brasileiro, antes de anunciar que não vai participar no evento histórico para o Brasil, país que acolhe os primeiros Jogos Olímpicos da América do Sul, entre hoje e 21 de agosto.

"Neste momento, eu não estou em condições físicas de participar da abertura dos Jogos Olímpicos. E como brasileiro, peço a Deus que abençoe a todos", informou o brasileiro, que ficou conhecido como o 'rei' do futebol.

Na quarta-feira, o antiga estrela do futebol 'canarinho' e mundial informou que poderia ter de declinar o convite para acender a pira olímpica, afirmando estar dependente da desmarcação de "outros compromissos".

"Tenho contratos a que estou vinculado e é suposto estar a viajar nessa altura. Se conseguir cancelar esses compromissos, será uma honra poder fazer isso", disse, na altura, em declarações à estação de televisão brasileira Globo.

Pelé, de 75 anos, admitiu que foi convidado pessoalmente pelo presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, para acender a pira olímpica.

No entanto, um dia depois, José Forno Rodrigues, assessor de Pelé, disse que não havia questões a resolver com a empresa Legends 10, responsável por gerir a imagem do antigo jogador.

Segundo a imprensa brasileira, o antigo jogador tem sentido fortes dores no quadril, região alvo de duas cirurgias nos últimos anos.

Pelé não se consegue locomover com facilidade sem uma bengala e, por ordem médica, precisa usá-la constantemente.

O maior nome do desporto brasileiro nunca disputou os Jogos Olímpicos, uma vez que se profissionalizou muito cedo, e o COI só permitia a participação de atletas amadores no passado.

Em julho, durante a passagem da tocha olímpica pela Baixada Santista, no estado de São Paulo, Pelé chegou a segurar o símbolo.

Lusa

  • Os confrontos de Rui Rio
    3:38

    País

    Esta não é a primeira vez que Rui Rio enfrenta adversidades. O mesmo aconteceu durante a presidência da Câmara do Porto, quando assumiu uma rutura total com o Futebol Clube do Porto. Na primeira conferência de imprensa como presidente do PSD, avisou os adversários internos de que o clima de confronto é um ambiente do qual gosta.

  • Governo aceita diálogo com PSD após eleição de Rio
    1:52

    País

    Com a eleição de Rui Rio, o Governo aceitou entender-se com o PSD, provocando algumas críticas por parte do PCP e o Bloco de Esquerda. O líder parlamentar socialista diz que admitir o diálogo é Democracia, mas garante que o que sempre dividiu o PS do PSD mantém-se.

  • Sporting nos oitavos de final da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting garantiu esta quinta-feira o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa, ao empatar frente ao Astana, em Alvalade, a três golos, na segunda mão dos 16 avos de final, depois de ter triunfado no Cazaquistão por 3-1. Veja ou reveja todos os golos do encontro.

  • Jane Seymour posa para a Playboy aos 67 anos

    Cultura

    Esta é a terceira vez que a atriz inglesa de 67 anos participa numa sessão fotográfica para a revista Playboy. Jane Seymour aproveitou a oportunidade para se juntar ao movimento #MeToo e falar sobre as agressões sexuais que sofreu às mãos de um produtor, em 1972.

  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC

  • Vírus do Zika pode proteger contra a dengue

    Mundo

    Uma equipa de investigadores brasileiros acredita que a infeção do vírus Zika pode tornar a pessoa imune contra a dengue. Anteriormente, uma investigação chinesa já tinha conseguido provar o inverso: quem apanha dengue pode estar mais protegido contra o vírus do Zika.

    SIC

  • Pesca explora mais de metade de todos os oceanos

    Economia

    A pesca industrial explora mais de metade de todos os oceanos, uma área quatro vezes maior que a utilizada pela agricultura, havendo mais atividade no norte do Atlântico e do Pacífico, conclui um estudo divulgado esta quinta-feira.