sicnot

Perfil

Rio 2016

Pelé não vai acender a pira olímpica por problemas físicos

© Paulo Whitaker / Reuters

O histórico jogador de futebol brasileiro Pelé informou, horas antes da Cerimónia de Abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016, que não vai acender a pira olímpica por problemas físicos.

Em comunicado, Pelé começou por dizer que só Deus é mais importante do que a sua saúde e lembrou que na sua vida sofreu "fraturas, cirurgias, dores, internações em hospitais, vitórias e derrotas", e sempre respeitou aqueles que o admiram.

Pelé sublinhou que sempre procurou "não dececionar" a sua família e o povo brasileiro, antes de anunciar que não vai participar no evento histórico para o Brasil, país que acolhe os primeiros Jogos Olímpicos da América do Sul, entre hoje e 21 de agosto.

"Neste momento, eu não estou em condições físicas de participar da abertura dos Jogos Olímpicos. E como brasileiro, peço a Deus que abençoe a todos", informou o brasileiro, que ficou conhecido como o 'rei' do futebol.

Na quarta-feira, o antiga estrela do futebol 'canarinho' e mundial informou que poderia ter de declinar o convite para acender a pira olímpica, afirmando estar dependente da desmarcação de "outros compromissos".

"Tenho contratos a que estou vinculado e é suposto estar a viajar nessa altura. Se conseguir cancelar esses compromissos, será uma honra poder fazer isso", disse, na altura, em declarações à estação de televisão brasileira Globo.

Pelé, de 75 anos, admitiu que foi convidado pessoalmente pelo presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, para acender a pira olímpica.

No entanto, um dia depois, José Forno Rodrigues, assessor de Pelé, disse que não havia questões a resolver com a empresa Legends 10, responsável por gerir a imagem do antigo jogador.

Segundo a imprensa brasileira, o antigo jogador tem sentido fortes dores no quadril, região alvo de duas cirurgias nos últimos anos.

Pelé não se consegue locomover com facilidade sem uma bengala e, por ordem médica, precisa usá-la constantemente.

O maior nome do desporto brasileiro nunca disputou os Jogos Olímpicos, uma vez que se profissionalizou muito cedo, e o COI só permitia a participação de atletas amadores no passado.

Em julho, durante a passagem da tocha olímpica pela Baixada Santista, no estado de São Paulo, Pelé chegou a segurar o símbolo.

Lusa

  • A proposta dos partidos para a redução da dívida
    1:55

    Economia

    O PS e o Bloco de Esquerda querem mais 45 anos para pagar as dívidas à UE e juros mais baixos. As medidas fazem parte da proposta para a redução da dívida pública. No relatório que será enviado ao Governo, não é pedido perdão da dívida como os partidos da esquerda chegaram a defender.

  • Ministros de Governos de Sócrates ouvidos pelo Ministério Público
    1:54
  • Suspeito de atropelamento mortal fala de acidente 
    2:00
  • "Têm um verdadeiro amigo na Casa Branca"

    Mundo

    O Presidente norte-americano reafirmou esta sexta-feira o apoio ao direito de porte de armas no país, sublinhando, numa convenção daquele 'lobby', que "o ataque de oito anos às liberdades consagradas no Artigo 2.º [da Constituição]" terminou.

  • A história de Macron e Brigitte Trogneux, 25 anos mais velha
    1:25

    Eleições França 2017

    A segunda volta das eleições francesas acontece já no próximo dia 7 de maio. Caso Emmanuel Macron seja eleito, o país terá como primeira-dama uma mulher 25 anos mais velha do que o Presidente. Brigitte Trogneux tem 64 anos e Macron 39, conheceram-se no liceu privado de jesuítas, em Amiens. Brigitte era a professora e Macron o aluno. Conheça a história do casal. 

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Presidente da Macedónia convocou reunião de emergência

    Mundo

    O Presidente da Macedónia, Gjorge Ivanov, convocou esta sexta-feira uma reunião de emergência com líderes políticos, após manifestantes, maioritariamente apoiantes da maioria conservadora, invadirem o Parlamento e atacarem deputados da oposição, fazendo 77 feridos.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.

  • Menina que nasceu com três pernas já corre

    Mundo

    Uma criança do Bangladesh que cresceu com três pernas vai regressar a casa, depois de uma viagem até à Austrália, onde foi operada para retirar o membro a mais. Como resultado de um gémeo que não se formou por completo, a criança de três anos nasceu com uma terceira perna na pélvis. Alguns meses após a cirurgia, feita em novembro, a menina já corre.