sicnot

Perfil

Rio 2016

Pugilista marroquino detido por tentativa de abuso sexual

​Um pugilista marroquino foi detido na quinta-feira à noite pela polícia brasileira, por alegada tentativa de abuso sexual a duas empregadas de limpeza na aldeia olímpica dos Jogos Olímpicos.

"O atleta foi detido e acusado de violação, e vai ficar preso preventivamente", afirmou um porta-voz da polícia estadual do Rio de Janeiro à agência noticiosa espanhola EFE.

Segundo a polícia, o pugilista Hassan Saada, de 22 anos, chamou as duas mulheres ao seu apartamento na aldeia olímpica e, à frente de outros dois atletas, ter-lhes-á acariciado as pernas e os seios antes que estas conseguissem fugir.

Hassan Saada está inscrito no torneio de -81kg e tem o primeiro combate agendado para sábado, frente ao turco Mehmet Nadir Unal.

No entanto, a ordem de detenção vigora, segundo a EFE, por um período de 15 dias.

Lusa