sicnot

Perfil

Rio 2016

34 atletas representaram Portugal na Cerimónia de Abertura dos Jogos

© Mike Blake / Reuters

A delegação portuguesa entrou às 22:20 locais (02:20 em Lisboa) no Estádio do Maracanã, palco da Cerimónia de Abertura dos Jogos Olímpicos Rio2016, numa delegação liderada pelo velejador João Rodrigues, que, na sétima participação, foi o porta-estandarte luso.

Dos 92 desportistas que competirão no Rio2016, Portugal, que foi a 153.ª delegação a desfilar, fez-se representar com 34 atletas, sendo de destacar ainda a presença do ex-futebolista Pauleta, segundo melhor marcador da história de seleção 'AA', em representação da equipa de futebol.

O maior contingente foi o do atletismo, com 11 atletas, incluindo o único campeão olímpico entre os representantes lusos no Rio2016, Nélson Évora, medalha de ouro no triplo salto em Pequim2008.

Cátia Azevedo, Irina Rodrigues, João Vieira, Lorene Bazolo, Marta Onofre, Marta Pen, Patrícia Mamona, Sérgio Vieira, Susana Costa e Vera Barbosa foram os outros representantes da modalidade que 'selou' os quatro ouros olímpicos de Portugal.

Por seu lado, o judo teve os seus seis representantes (Joana Ramos, Telma Monteiro, Sergiu Oleinic, Nuno Saraiva, Célio Dias e Jorge Fonseca), contra cinco da vela (João Rodrigues, Gustavo Lima, Jorge Lima, José Costa e Sara Carmo).

Pedro Martins e Telma Santos (badminton), José Carvalho (canoagem), Luciana Diniz (equestre), Filipa Martins, Ana Rente e Diogo Abreu (ginástica), Ricardo Melo Gouveia (golfe), Gastão Elias e João Sousa (ténis), Tamila Holub (natação) e João Monteiro (ténis de mesa) também marcaram presença.

Entre os atletas que competem já hoje, o tenista Gastão Elias é o único que marca presença, ao contrário dos ciclistas André Cardoso, José Mendes, Nélson Oliveira e Rui Costa, dos nadadores Alexis Santos e Victoria Kaminskaya, do atirador João Costa e de Shao Jieni, do ténis de mesa.

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22