sicnot

Perfil

Rio 2016

Polícia reprime manifestantes em São Paulo e detém 35 pessoas

A Polícia Militar brasileira reprimiu na sexta-feira, com cassetetes e gás pimenta, manifestantes que iniciaram uma caminhada na Avenida Paulista, em São Paulo, para protestar contra a realização dos Jogos Olímpicos no país, e deteve 35 pessoas.

Desde o início que o protesto, iniciado ao final da tarde, foi acompanhado por policiamento ostensivo, com carros, motos e elementos da Tropa de Choque, escreve a Agência Brasil.

Numa longa faixa que os manifestantes exibiam lia-se: "Juventude combatente contra o massacre olímpico".

Imagens televisivas mostram o uso da força contra alguns dos participantes no protesto e dezenas deles sentados no chão cercados pela polícia.

Segunda a polícia, citada pelo portal G1, 35 pessoas foram detidas.

A polícia justificou que os manifestantes lançaram pedras e paus contra os agentes e não definiram um itinerário.

O protesto decorreu pouco antes do início da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos 2016, no Rio de Janeiro, que terminarão a 21 de agosto.

A organização do evento no país tem sido alvo de vários protestos, por ocorrer numa altura em que o Brasil enfrenta uma profunda recessão e uma taxa de desemprego de 11,3%.

Lusa

  • Mário Centeno lidera hoje a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.