sicnot

Perfil

Rio 2016

António Costa felicita "grande conquista" de Telma Monteiro

O primeiro-ministro, António Costa, congratulou-se esta segunda-feira com a medalha de bronze conquistada pela judoca portuguesa Telma Monteiro nos Jogos Olímpicos Rio2016, uma "grande conquista" que "é um orgulho para todos os portugueses".

"Grande conquista para Telma Monteiro nos Jogos Olímpicos Rio2016. Uma medalha que é um orgulho para todos os portugueses! Parabéns e obrigado", escreveu o chefe do governo, na sua conta na rede social Twitter.

Telma Monteiro conquistou hoje o bronze na categoria de - 57 kg dos Jogos Olímpicos Rio2016, ao bater a romena Corina Caprioriu por yuko, selando a 24.ª medalha do deporto português em Jogos Olímpicos.

Depois de cinco medalhas em Mundiais e 11 em Europeus, a judoca do Benfica arrebatou, finalmente, o 'metal' olímpico, depois do 12.º lugar de Atenas2004 e do nono em Pequim2008, ainda na categoria de -52 kg, e do 17.º em Londres2012.

Portugal passou a contar quatro medalhas de ouro, oito de prata e 12 de bronze, duas das quais no judo, com Telma Monteiro a juntar-se a Nuno Delgado, terceiro em -81 kg em Sydney2000.

Lusa

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.