sicnot

Perfil

Rio 2016

Judoca que ganhou primeiro ouro para o Kosovo está suspensa em França

A judoca Majlinda Kelmendi, que no domingo conquistou o primeiro ouro olímpico para o Kosovo nos Jogos Rio2016, está suspensa provisoriamente em França depois de ter recusado submeter-se em junho a um controlo antidoping.

De acordo com as agências internacionais, a nova campeã olímpica da categoria de -52 kg, Majlinda Kelmendi, foi suspensa pela Agência Francesa Antidoping (AFLD) a 16 de junho.

Aconselhada pelo seu treinador, Kelmendi recusou fornecer uma amostra de urina quando surpreendida durante um treino internacional com um controle antidoping inopinado em França.

A suspensão aplica-se apenas em França e a AFLD tomará uma decisão em relação ao assunto em setembro.

A judoca kosovar conquistou o primeiro ouro olímpico para o Kosovo ao vencer a italiana Odette Giuffrida por 'yuko' na final da categoria de -52 kg.

Majlinda Kelmendi, campeã mundial em 2013 e 2014 na mesma categoria, já tinha marcado presença nos Jogos Olímpicos de Londres2012 pela Albânia. A japonesa Misato Nakamura e a russa Natalia Kuziutina conquistaram a medalha de bronze.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.