sicnot

Perfil

Rio 2016

Anonymous Brasil ataca sites do Rio 2016 em protesto contra os Jogos

O grupo de hackers Anonymous Brasil informou esta terça-feira que invadiu e roubou dados de seis sites do Governo e da Câmara Municipal do Rio de Janeiro como protesto contra a realização dos Jogos Olímpicos de 2016 na cidade carioca.

As páginas entretanto bloqueadas são a da Polícia Civil, a do Instituto de Segurança Pública, a da Companhia Municipal de Limpeza Urbana, a do Portal Geo, a do Programa Internet Comunitária e a da Ouvidoria da Polícia do Governo do Estado do Rio de Janeiro.

No vídeo em que explicou o ataque, o movimento Anonymous Brasil lembrou que o Campeonato do Mundo de futebol de 2014, também no Brasil, justificou a "remoção forçada de milhares de famílias de suas casas, a ocupação militar de certas regiões nas cidades, a perseguição aos críticos e opositores do evento e uma política de segurança baseada no extermínio de jovens nas periferias".

Para os 'hackers', os Jogos Olímpicos seguem a mesma lógica, excluindo os mais necessitados e beneficiando as grandes empresas.

Desafiando o povo a ir às ruas para lutar por seus direitos, o grupo prometeu atuar "também através da internet, expondo os escândalos e as canalhices das figuras proeminentes de nossa política para que o mundo possa ver o que temos sido obrigados a suportar".

A IplanRio, que administra os recursos de tecnologia de informação da câmara municipal, disse que nenhum dado foi suprimido da base de dados e que técnicos estão a trabalhar para normalizar os sites o mais rápido possível.

"A autarquia trabalha em caráter de emergência para normalizar o acesso às páginas o mais rápido possível", informou também o Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro (Proderj).

O Proderj confirmou que o domínio 'rj.gov.br' está a sofrer um intenso ataque e informou que o acesso a alguns 'sites' foi bloqueado por precaução.

Os Jogos Olímpicos 2016 começaram na sexta-feira e terminam a 21 de Agosto.

Lusa

  • Cavaco apela ao voto contra a eutanásia
    1:09

    País

    A eutanásia será discutida no Parlamento na terça-feira e os deputados do PS e PSD terão liberdade de voto. O PCP e CDS já se anteciparam e garantem que vão votar contra. Cavaco Silva é outra voz crítica em relação a esta questão. O ex-Presidente da República diz que é a decisão mais grave que os deputados podem tomar e apela que nas legislativas de 2019 não se vote nos partidos que forem a favor da morte medicamente assistida.

  • Papa terá pedido a bispos que rejeitem seminaristas homossexuais
    1:15
  • Duquesa de Sussex já tem brasão

    Harry & Meghan

    O Palácio de Kensington apresentou esta sexta-feira o brasão da Duquesa de Sussex, Meghan Markle. O brasão foi criado pelo College of Arms mas teve a ajuda da duquesa para que este fosse "pessoal e representativo".

    SIC

  • Moradores de Lake Worth recebem alerta para invasão de mortos-vivos

    Mundo

    E se de repente recebesse uma mensagem que alertava que a sua cidade estava a ser atacada por mortos-vivos? Foi o que aconteceu com os moradores da cidade norte-americana de Lake Worth, que foram surpreendidos durante a madrugada por uma mensagem de emergência dos serviços estatais, que os avisava de "atividade extrema de mortos-vivos".

    SIC