sicnot

Perfil

Rio 2016

Atleta pedida em casamento por voluntária dos Olímpicos

Apesar da seleção feminina de rugby do Brasil não ter vencido as finais nos Jogos Olímpicos, nem tudo correu mal para Isadora Cerullo. A atleta foi pedida em casamento por uma voluntária que assistia à partida. O acontecimento gerou uma onda de apoio nas redes sociais.

O insólito aconteceu ontem no estádio de Deodoro, durante a cerimónia que atribuiu a medalha de ouro à seleção feminina da Austrália - que venceu a partida de rugby com o Brasil - quando uma das atletas brasileiras protagonizou um pedido de casamento invulgar e que já se tornou viral nas redes sociais.

Reuters

Isadora Cerullo, atleta olímpica de 25 anos, viu a sua companheira Marjorie Enya, de 28, entrar em campo e, com recurso a um microfone, fazer-lhe um pedido de casamento, que foi largamente aplaudido e filmado pelas várias pessoas que assistiam ao momento.

Na falta de anel, as duas ataram pequenas fitas aos dedos e, logo de seguira, consumaram o pedido com um beijo apaixonado.

Reuters

O casal está junto há cerca de dois anos e Enya contou à BBC que viu naquele momento a oportunidade perfeita para pedir a mão da sua companheira em casamento.

"Eu sabia que ela estava na equipa, então pensei que teria que fazer o pedido especial. Ela é o amor da minha vida", revelou Marjorie Enya, ao confessar que não estava nervosa no momento do pedido.

No Twitter, milhares de pessoas manifestaram o seu apoio às duas mulheres, que protagonizaram este momento nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

O casamento de pessoas do mesmo sexo é legal no Brasil desde 2013.

  • "Só tive tempo de avisar o meu sogro e o meu marido e disse: corram!"
    2:17
  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • "Atrás das Câmaras" em Fátima
    2:48
  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15
  • PS quer reconquistar poder em Vila Viçosa
    2:06

    Autárquicas 2017

    Ana Catarina Mendes insistiu na ideia de que o PSD escolheu um modo perigoso de fazer campanha, ao insistir nas críticas à lei da imigração. Ana Catarina Mendes, secretária-geral adjunta do PS, esteve esta quarta-feira em campanha no distrito de Évora.

  • Troca de argumentos entre Medina e Cristas marca campanha em Lisboa
    2:34

    Autárquicas 2017

    Esta quarta-feira o dia de campanha em Lisboa ficou marcado por uma troca de argumentos entre Fernando Medina e Assunção Cristas. O atual presidente da Câmara acusa a candidata do CDS de não respeitar os lisboetas por admitir que pode não exercer o cargo de vereadora até ao fim do mandato. Já Assunção Cristas garante que se for eleita cumpre o mandato até ao fim.

  • "Não toleramos ameaças de ninguém"
    2:13
  • Número de tartarugas marinhas está a aumentar

    Mundo

    O número de tartarugas marinhas está a crescer, levando investigadores a considerar que os esforços para salvar estes animais são uma "história de sucesso da conservação global", indica um estudo divulgado esta quarta-feira.

  • Tubarões vivem mais tempo do que se pensava

    Mundo

    Uma revisão de dados sobre avaliação da idade dos tubarões revela que muitas espécies têm maior longevidade do que se pensava, o que poderá obrigar a uma revisão dos planos de conservação das mais ameaçadas.

  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.

  • Casal morre com horas de diferença depois de 75 anos de casamento

    Mundo

    George e Jean Spear morreram no passado dia 15 de setembro, no hospital de Queensway Carleton, em Ottawa (Canadá), depois de terem celebrado 75 anos de casamento em agosto. A britânica de 94 anos conheceu o candaniano em 1941, num salão de bailes, em Londres. George Spear servia as Forças Armadas durante a Segunda Guerra Mundial.

    SIC