sicnot

Perfil

Rio 2016

Fiscais encontram 3.500 trabalhadores em situação ilegal na Aldeia Olímpica

Fiscais do Ministério do Trabalho do Brasil identificaram irregularidades na contratação de 3.500 pessoas a trabalhar na Aldeia Olímpica, no Rio de Janeiro, informou hoje a tutela.

"Cerca de 3.500 trabalhadores encontrados em situação irregular atuam em bares e lanchonetes [estabelecimento de refeições rápidas]. Exerciam jornadas de trabalho sem controlo efetivo de duração e recebiam alimentação inadequada, como sanduíches e salgadinhos", lê-se numa nota do Ministério do Trabalho.

Em algumas instalações, segundo a tutela, "os trabalhadores atuavam sem assentos para descanso e em quiosques sem cobertura", sendo que "na hora do almoço, tinham que se sentar no chão no horário das refeições".

A ação de fiscalização foi realizada na segunda e terça-feira, em conjunto com o Ministério Público do Trabalho.

O Ministério do Trabalho informou também que "as empresas envolvidas foram convocadas para adequação de procedimentos e poderão ser autuadas".

As empresas terão que cumprir as medidas estabelecidas e as recomendações também serão encaminhadas ao Comité Organizador Rio2016.

Entre elas estão a garantia do acesso de trabalhadores a refeitório, disponibilização de água em local de fácil acesso, fornecimento de alimentação saudável e adequada no mínimo duas vezes por dia, para jornadas de oito horas e assentos para descanso em locais que possam ser utilizados por todos os trabalhadores durante as pausas.

No final do mês passado, más condições de trabalho em obras na Aldeia Olímpica levaram o Comité Rio2016 a ser multado em 315 mil reais (87,3 mil euros).

Segundo os fiscais, cerca de 630 empregados estariam a trabalhar sem contrato e, em alguns casos, com carga horária excessiva.

Os trabalhadores em causa tinham sido contratados com caráter de urgência para resolver problemas detetados na Aldeia Olímpica, como falta de limpeza e entupimento de canos, o que gerou reclamações de várias delegações olímpicas a poucos dias de o Rio de Janeiro acolher o maior evento desportivo do mundo.

Os Jogos Olímpicos começaram na sexta-feira e decorrem até dia 21 de agosto.

Lusa

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41