sicnot

Perfil

Rio 2016

Mistério da água verde desvendado

© Reuters Staff / Reuters

Já há uma explicação para a cor verde musgo que se apoderou da piscina olímpica de saltos no Centro Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro.

O calor e a falta de ventilação no recinto permitiu a proliferação de uma alga que deu ontem a cor verde à piscina olímpica, revelou a organização. Em comunicado, garantiu que retomará amanhã o normal azul cristalino.

A organização assegura ainda que os testes feitos à água mostram que não há qualquer perigo para os atletas e que a competição de saltos para a água pode prosseguir.

  • Porque é que a água da piscina olímpica de saltos está verde?

    Rio 2016

    As teorias multiplicam-se mas ainda não há uma explicação oficial para o sucedido. A água da piscina olímpica de saltos no Centro Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro, passou de azul cristalino a verde musgo de um momento para o outro e de uma forma misteriosa, em contraste com a piscina de pólo aquático, situada mesmo ao lado, que permanece com a cor habitual.

  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15

    Mundo

    Na Califórnia, nos Estados Unidos, já foi eleito o cão mais feio do mundo de 2017, num concurso que se repete há 29 anos. Com 57 quilos, Martha recebeu a distinção enquanto ressonava no palco.