sicnot

Perfil

Rio 2016

Mistério da água verde desvendado

© Reuters Staff / Reuters

Já há uma explicação para a cor verde musgo que se apoderou da piscina olímpica de saltos no Centro Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro.

O calor e a falta de ventilação no recinto permitiu a proliferação de uma alga que deu ontem a cor verde à piscina olímpica, revelou a organização. Em comunicado, garantiu que retomará amanhã o normal azul cristalino.

A organização assegura ainda que os testes feitos à água mostram que não há qualquer perigo para os atletas e que a competição de saltos para a água pode prosseguir.

  • Porque é que a água da piscina olímpica de saltos está verde?

    Rio 2016

    As teorias multiplicam-se mas ainda não há uma explicação oficial para o sucedido. A água da piscina olímpica de saltos no Centro Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro, passou de azul cristalino a verde musgo de um momento para o outro e de uma forma misteriosa, em contraste com a piscina de pólo aquático, situada mesmo ao lado, que permanece com a cor habitual.

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC