sicnot

Perfil

Rio 2016

A areia olímpica não cola ao corpo

© Lucy Nicholson / Reuters

A areia do voleibol de praia dos Jogos Olímpicos não cola ao corpo como a "areia normal" das praias. Isto porque as regras para a areia da competição são tantas e tão precisas que a areia se torna de facto fora no normal.

© Ruben Sprich / Reuters

Basta estar cinco segundos numa praia para a areia se enfiar em todo o lado: nos sacos, no livro, no telefone, no carro, em todas as partes do corpo. E, no momento em que se começa a transpirar, não há forma de a descolar do corpo. Mas então como é que os atletas olímpicos não estão totalmente cobertos de areia durante os jogos?

© Ricardo Moraes / Reuters

A Federação Internacional de Voleibol de Praia (FIVB) tem regras muito precisas sobre o tipo de areia das competições.

1.2 SUPERFÍCIE DE JOGO
1.2.1 O terreno deve ser de areia nivelada, o mais plano e uniforme possível, livre de pedras, conchas e qualquer outro objeto que possam representar risco de cortes ou lesões para os jogadores.
1.2.2 Em competições Mundiais e Oficiais da FIVB a areia deverá ter uma profundidade mínima de 40 cm e ser constituída por grãos finos ligeiramente compactados.
1.2.3 A superfície de jogo não pode apresentar qualquer perigo de lesão para os jogadores
1.2.4 Para Competições Mundiais e Oficiais da FIVB a areia deve também ser peneirada até um tamanho aceitável, não muito grossa, livre de pedras e partículas perigosas.
Não deve ser demasiado fina de forma a não provocar poeira e não ficar agarrada à
pele.

© Ruben Sprich / Reuters

Portanto, a areia deve ser fina mas não demasiado fina, peneirada mas não como farinha, suave mas não como pó de talco. Partículas granulosas de natureza mineral especiais que não se encontram em qualquer praia comum.

© Ruben Sprich / Reuters

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • Deputados britânicos debatem hoje petição que desvaloriza visita de Donald Trump

    Mundo

    Os deputados britânicos debatem hoje uma petição que reclama que a futura visita de Estado do Presidente norte-americano, Donald Trump, seja reduzida a uma visita oficial, enquanto dezenas de milhares de pessoas se manifestam sobre o mesmo assunto. Dezenas de milhares de pessoas são esperadas hoje nas ruas de várias cidades do Reino Unido, em protestos organizados para coincidir com a discussão no parlamento (na Câmara dos Comuns) de uma petição 'online' que já tem quase dois milhões de subscritores.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Matteo Renzi demite-se da liderança do Partido Democrático

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro italiano Matteo Renzi demitiu-se hoje da liderança do Partido Democrata (PD), uma decisão que faz parte de uma estratégia para retomar o controlo da formação de centro-esquerda, onde uma minoria mais à esquerda ameaça cindir-se.