sicnot

Perfil

Rio 2016

Duas pessoas detidas por suspeitas de ligação ao terrorismo

Duas pessoas foram esta quinta-feira detidas no âmbito da Operação Hashtag, que em julho determinou a detenção de 12 suspeitos de planearem ataques terroristas durante os Jogos Olímpicos Rio2016, informou a Polícia Federal do Brasil.

Em nota enviada à agência Lusa, lê-se que, para além dos "dois mandados de prisão temporária", foram cumpridos outros "cinco de busca e apreensão e três de condução coerciva" (quando o investigado é obrigado a prestar depoimento), sendo que "todos os envolvidos são brasileiros".

"A iniciativa do Governo Federal, por meio do trabalho integrado dos órgãos de defesa, segurança e inteligência, tem o objetivo de garantir a segurança dos Jogos Olímpicos e o bem-estar dos cidadãos", lê-se ainda na curta nota.

Na primeira etapa da Operação Hashtag, iniciada a 21 de julho, 12 pessoas foram detidas temporariamente, por 30 dias, prorrogáveis uma vez por igual período.

Na altura, a Procuradoria da República no Paraná informou que algumas dessas pessoas realizaram o batismo ao Daesh, juramento de fidelidade exigido pela organização terrorista para o acolhimento de novos membros.

A Procuradoria esclareceu ainda que, "embora se tenha constatado indícios de atos preparatórios pelo grupo, não houve notícia de atos concretos para a realização de ataque terrorista".

Apesar das intenções de ataques, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, classificou na ocasião o grupo de "amador".

A segurança tem sido uma das maiores preocupações das autoridades durante os Jogos Olímpicos Rio2016, que começaram na passada sexta-feira e decorrem até 21 de agosto no Rio de Janeiro, não só por causa do terrorismo que ameaça um pouco todo o mundo, mas também pela elevada criminalidade no Brasil.

Lusa

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28