sicnot

Perfil

Rio 2016

Prova de remo eleva para 21 as finais do sexto dia nos Olímpicos

Reuters

A competição de remo elevou para 21 o número de títulos do sexto dia dos Jogos Olímpicos, depois de na quarta-feira terem sido adiadas as duas finais de scull de quatro.

O mau tempo obrigou ao adiamento do programa de Remo, pelo que aquelas duas finais foram adiadas para hoje, ampliando o programa de finais de 19 para 21.

Esta quarta-feira nos Jogos Olímpicos:

10:12 hora local/14:12 em Lisboa - Remo Scull de quatro masculino;
10:24/14:24 - Remo Scull de quatro feminino;
10:44/14:44 - Remo Dois sem timoneiro;
11:04/15:04 - Remo Double Scull feminino;
11:24/15:24 - Remo Double Scull masculino;
11:44/15:44 - Remo Quartro sem timoneiro - peso ligeiro masculino;
12:00/16:00 - Tiro Carabina 3 posições (Feminino):
14:15/18:15 - Canoagem/slalomC2 masculino / K1 (Feminino);
15:00/19:00 - Tiro com arco Singulares (Feminino);
15:30/19:30 - Judo 78kg (Feminino) / 100kg (Masculino);
16:00/20:00 - Ciclismo/pistaSprint equipas (Masculuno);
16:00/20:00 - Ginástica artística / Competição individual feminino
17:00/21:00 - Esgrima de Espada feminino
17:30/21:30 - Râguebi de 7 - Final masculino;
20:30/00:30 - Ténis de mesa masculino;
22:00/02:00 - Natação 200 metros bruços (Feminino) / 200 metros costas masculino / 200 metros estilos masculinos / 100 metros livres (Feminino)

Com Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos únicos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Tiroteio em Espanha causa três mortos

    Mundo

    Um tiroteio na cidade espanhola de Teruel, na região de Aragão, fez esta quinta-feira três mortos, entre os quais dois elementos da Guardia Civil. O atirador está em fuga.

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • Os Simpsons já sabiam em 1998 que a Fox iria pertencer à Disney

    Cultura

    Os Simpsons acertaram outra vez. Algo que tem acontecido regularmente nos últimos tempos, com a eleição de Donald Trump, o aparecimento do vírus Ébola ou o escândalo dos Panama Papers. Desta vez, a previsão remonta a 1998, quando a série previu que a 20th Century Fox iria pertencer à Disney.

    SIC