sicnot

Perfil

Rio 2016

Almaz Ayana bate recorde mundial na vitória nos 10.000 metros, Salomé Rocha 26.ª

© Dylan Martinez / Reuters

A etíope Almaz Ayana sagrou-se campeã olímpica nos 10.000 metros no Rio 2016, em 29.17,45 minutos, estabelecendo um novo recorde do mundo na distância, numa prova em que Salomé Rocha foi 26.ª.

Na primeira final do atletismo do Rio 2016, Almaz Ayana retirou quase 15 segundos à marca que estava na posse da chinesa Wang Junxia (29.31,78), desde setembro de 1993, deixando a queniana Vivian Jepkemoi Cheruiyot (29.32,53) na segunda posição e a compatriota Tirunesh Dibaba (29.42,56), campeã em Pequim 2008 e Londres 2012, na terceira.

A portuguesa Salomé Rocha terminou a prova na 26.ª posição, em 32.06,05, um registo próximo do meu recorde pessoal (32.05,82, obtido este ano em Londres).

INÁCIO ROSA/LUSA

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15