sicnot

Perfil

Rio 2016

Almaz Ayana bate recorde mundial na vitória nos 10.000 metros, Salomé Rocha 26.ª

© Dylan Martinez / Reuters

A etíope Almaz Ayana sagrou-se campeã olímpica nos 10.000 metros no Rio 2016, em 29.17,45 minutos, estabelecendo um novo recorde do mundo na distância, numa prova em que Salomé Rocha foi 26.ª.

Na primeira final do atletismo do Rio 2016, Almaz Ayana retirou quase 15 segundos à marca que estava na posse da chinesa Wang Junxia (29.31,78), desde setembro de 1993, deixando a queniana Vivian Jepkemoi Cheruiyot (29.32,53) na segunda posição e a compatriota Tirunesh Dibaba (29.42,56), campeã em Pequim 2008 e Londres 2012, na terceira.

A portuguesa Salomé Rocha terminou a prova na 26.ª posição, em 32.06,05, um registo próximo do meu recorde pessoal (32.05,82, obtido este ano em Londres).

INÁCIO ROSA/LUSA

  • Aviação russa matou mais de 11 mil pessoas na Síria

    Mundo

    Pelo menos 11.612 pessoas morreram na Síria em resultado dos bombardeamentos da aviação russa, aliada do Governo de Damasco, iniciados em 30 de setembro de 2015, de acordo com dados publicados hoje pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

  • Mais de 500 casos de sarampo na Europa este ano, avisa OMS

    Mundo

    Mais de 500 casos de sarampo foram reportados só este ano na Europa, afetando pelo menos sete países, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Em Portugal, a OMS reconheceu oficialmente a eliminação do vírus do sarampo no verão do ano passado.