sicnot

Perfil

Rio 2016

Andy Murray nas meias-finais do torneio de ténis

© Toby Melville / Reuters

O britânico Andy Murray qualificou-se esta sexta-feira para as meias-finais do torneio olímpico de ténis do Rio 2016, mas voltou a sofrer para continuar a defender o título.

O escocês, número dois mundial, derrotou o norte-americano Steve Johnson, por 6-0, 4-6 e 7-6 (7-2), mas esteve um break abaixo com 3-4 no terceiro set, antes de reverter a situação e forçar o tie-break.

Murray, que já tinha estado a perder por 3-0 no set decisivo com Fabio Fognini, na terceira ronda, vai defrontar Kei Nishikori ou o francês Gael Monfils nas meias-finais.

Hoje, o espanhol Rafael Nadal, campeão olímpico em 2008, enfrenta Thomaz Bellucci, o número um brasileiro, num encontro cujo vencedor vai encontrar um de dois argentinos, Roberto Bautista Agut ou Juan Martin del Potro, 'carrasco' de Novak Djokovic, número um mundial, e do português João Sousa.

Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.