sicnot

Perfil

Rio 2016

Ginasta sul-coreana "atordoada" com impacto da selfie com tirou com norte-coreana

© Dylan Martinez / Reuters

A ginasta sul-coreana Lee Eun-Ju disse hoje que está "atordoada" com o impacto político e mediático provocado pela 'selfie' que tirou com a sua homóloga norte-coreana Hong Un-jon.

"Eu vi-a e pedi-lhe para tirar uma foto, queria ficar com uma recordação", afirmou a ginasta ao canal sul-coreano KBS, acrescentando: "Não esperava tantas reações, estou atordoada".

A fotografia das duas ginastas inundou as redes sociais e tornou-se simbólica, uma vez os dois países mantêm há décadas relações bastante tensas.

Thomas Bach, presidente do Comité Olímpico Internacional (COI) considerou que a foto das duas ginastas é a "ilustração perfeita do espírito olímpico".

A sul-corena Lee Eun-Ju, que tinha apenas nove anos quando Hong Un-jon conquistou uma medalha de ouro em Pequim 2008, admite não perceber muito de política e de relações diplomáticas.

"Não sei grande coisa de política, mas sei que a nossa relação com a Coreia do Norte é terrível", afirmou, questionando: "No fim das provas misturamo-nos com os outros atletas e tiramos fotos, porque é que nós, sul e norte-coreanos não podemos fazer o mesmo?".

Lusa

  • A selfie que uniu as Coreias

    Rio 2016

    Uma "selfie" tirada por duas atletas nos Jogos Olímpicos uniu simbolicamente dois países, tradicionalmente de costas voltadas. Coreia do Norte e Coreia do Sul estão de relações cortadas há décadas, mas o espírito olímpico das duas ginastas conseguiu sobrepor-se à tensão geopolítica de anos

  • Parabéns! Portugal faz hoje 839 anos

    País

    É dia de cantar os parabéns. Portugal celebra esta quarta-feira 839 anos, depois de a 23 de maio de 1179 o Papa Alexandre III ter emitido a bula "Manifestis Probatum" onde reconhece o território como reino independente.

    SIC

  • Cachalote-pigmeu morreu pouco tempo depois de dar à costa em Lisboa
    1:13
  • Presidente da República apoia reforma "quanto antes" do Tribunal de Contas
    1:13

    País

    O Presidente da República defendeu esta manhã uma reforma do Tribunal de Contas para que se adeque a lei que prevê o controlo das entidades públicas. Para Marcelo Rebelo de Sousa, se a lei der melhores meios de controlo e for de mais rápida aplicação, vai dissuadir casos de má gestão de dinheiros públicos que acabam por resultar em crimes.

  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.