sicnot

Perfil

Rio 2016

Sara Moreira nega que lesão vá afetar o seu rendimento na maratona

Sara Moreira assumiu esta sexta-feira que teve uma lesão que a impediu de treinar durante uma semana, mas rejeitou que a sua prestação na maratona dos Jogos Olímpicos Rio2016 possa ser condicionada por esse percalço.

"Existiu uma lesão, física, uma pequena inflamação na zona do osso, que me impediu durante uma semana de treinar normalmente. Neste momento, as coisas estão a fazer o percurso que tinham de fazer, tenho cumprido um plano de tratamento e as coisas têm corrido bem. Desde que cheguei, há cinco dias, que tenho treinado sem qualquer limitação, sinto-me bem", assegurou a recém-coroada campeã europeia da meia-maratona.

Sara Moreira argumentou que não é uma semana de paragem que a fará estar pior do que aquilo que estava inicialmente preparado.

"O ponto de situação é que me sinto bem, confiante, preparada física e psicologicamente para correr bem no domingo e é dessa forma que vou partir para a maratona. Não é uma semana que estive condicionada, nas 10 semanas que tive de preparação - e não foi completamente parada, porque fiz outro tipo de treino -, que me fará fazer correr de forma diferente no domingo", defendeu.

A menos de dois dias da competição, a maratonista sente-se bem e com as mesmas perspetivas que sempre teve para o Rio2016.

"Nos últimos Jogos Olímpicos, estive nos 10.000 metros e fui 14ª. Tudo o que venha acima disso é melhorar o meu resultado em Jogos. Como é óbvio, tenho de ser sincera, e assumi desde sempre, que o meu objetivo é um lugar entre as oito primeiras e é com esse objetivo que vou partir no domingo. Tudo o que venha acima disso é excelente, mas, da forma como as coisas correram, é o mínimo", apontou.

A atleta do Sporting contou que viajou para o Rio de Janeiro em maio passado para fazer o reconhecimento do percurso, que tem início e final no emblemático Sambódromo carioca.

"Houve algumas alterações devido a umas obras, mas nada de significativo. Em relação às condições, acho que vai estar muito calor no domingo. Eu preparei-me para isso, em Portugal também esteve muito calor nas últimas semanas. A humidade até está abaixo do que tínhamos previsto, o que acaba por ser melhor. Acredito que o calor vai fazer a diferença. Eu sinto-me bem no calor, mas nunca fiz uma maratona no verão e poderei sentir alguma dificuldade", admitiu.

Sara Moreira, de 30 anos, vai cumprir no Rio de Janeiro a sua terceira participação olímpica, depois de ter sido 22.ª nos 3.000 metros obstáculos em Pequim2008 e 14.ª nos 10.000 metros em Londres.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.