sicnot

Perfil

Rio 2016

Phelps com nova oportunidade para 23º título olímpico

© Michael Dalder / Reuters

O nadador norte-americano Michael Phelps pode aumentar este sábado para 23 os títulos olímpicos na sua carreira na natação, caso consiga vencer os 4x100 metros estilos na sua última prova no Rio 2016.

Programa das provas olímpicas para este sábado, 13 agosto, por modalidade:

10:50/14:50 - Atletismo Disco (M)

11:00/15:00 - Pugilismo 91 kg (M) - meias-finais

12:00/16:00 - Ténis Pares - bronze (F)

Pares mistos - bronze

Singulares - bronze (M)

Singulares (F)

12:30/16:30 - Tiro Pistola a 25 metros (M)

14:00/18:00 - Ginástica/trampolins Final (M)

14:32/18:32 - Remo Skiff (M)

14:44/18:44 - Remo Skiff (F)

15:00/19:00 - Tiro Skeet (M)

15:05/19:04 - Remo Oito com timoneiro (F)

15:24/19:24 - Remo Oito com timoneiro (M)

16:00/20:00 - Ciclismo/pista

Perseguição equipas (F)

Keirin (F)

17:00/21:00 - Esgrima Sabre equipas (F)

19:00/23:00 - Halterofilismo 94 kg (M)

20:50/00:50 - Atletismo Comprimento (M)

21:25/01:25 - Atletismo 10.000 metros (M)

22:00/02:00 - Natação 50 metros livres (F)

1.500 metros livres (M)

4x100 metros estilos (F)

4x100 metros estilos (M)

22:35/02:35 - Atletismo 100 metros (F)

22:53/02:53 - Atletismo Heptatlo, 800 metros (F)

No oitavo e último dia da natação, o atleta de 31 anos quase pode saborear o êxito, uma vez que os Estados Unidos estão imbatíveis nesta prova: a exceção foi em 1980, em Moscovo, quando boicotaram os Jogos, com o ouro a ir para a Austrália.

Sem igual na história do olimpismo, Michael Phelps, que aos 31 anos compete nos seus quintos Jogos Olímpicos, e anunciou a retirada após o Rio2016, tem 22 medalhas de ouro num total de 27 pódios, mais três do que o total de Portugal, que na sua história em Jogos totaliza 24 medalhas.

No basquetebol, um 'escaldante' Brasil-Argentina no grupo B, uma vez que, mesmo não sendo a última jornada, será decisivo na definição de um lugar nos quartos de final.

O argentino Ruben Magnano, que liderou a Argentina ao ouro olímpico em Atenas2004, treina agora o Brasil: "Ainda sou argentino, continuo a ter passaporte argentino. Mas preciso de defender, a 100 por cento, a equipa brasileira."

Diversas escaramuças em distintos desportos no que toca a competidores argentinos vai ditar cuidados especiais com a segurança.

"É um jogo, um espetáculo, desporto. Não é preciso haver luta. Deve ser uma festa de basquetebol. Zero violência. Zero de luta", frisou Magnano.

No ténis, a final feminina entre a alemã Angelique Kerber e a porto-riquenha Monica Puig, que, em caso de triunfo, conquistará o primeiro ouro na história olímpica do seu país.

Com Lusa

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.