sicnot

Perfil

Rio 2016

Fernando Pimenta diz que folhas causaram resultado frustrante

Fernando Pimenta diz que folhas causaram resultado frustrante

O canoísta Fernando Pimenta apontou esta terça-feira as folhas na Lagoa Rodrigues de Freitas como responsáveis pelo seu quinto lugar no K1 1.000 metros, garantindo que estava na melhor forma de sempre para os Jogos Olímpicos Rio2016.

O canoísta português perdeu o controlo da embarcação, porque, na sua opinião, alguma folha deve ter ficado presa ao leme.

"A partir daí, foi sofrer para tentar minimizar os estragos. Infelizmente não consegui chegar ao pódio, porque a folha colou muito de início. Claro que para mim é frustrante, quatro anos da minha vida, depois de passar por imensa dificuldades, imensos obstáculos e desafios e chegar aqui e não ver a recompensa, a merecida recompensa. Magoa-me muito, porque são coisas que não sou eu que vou controlar", lamentou.

Desolado, o campeão Europeu de K1 1.000 metros confessou ainda não acreditar no azar que teve.

Fernando Pimenta sabia que havia a probabilidade de encontrar obstáculos externos nas águas da Lagoa Rodrigues de Freitas, uma vez que, em setembro passado, no evento-teste, andou 15 minutos a apanhar algas antes da sua prova.

"Desta vez eram folhas que estavam soltas, não eram folhas presas ao fundo da Lagoa. Houve uma altura em que andei a fazer um bocado de 'slalom', nas filmagens dará para ver isso, perfeitamente. Quando comecei a perder velocidade não é que tivesse, como se costuma dizer, rebentado, ou deixado de ter energia, porque estou com as 'baterias' completamente cheias. Se fosse necessário fazer uma, duas ou três provas agora fazia, porque preparei-me muito bem", garantiu.

O medalha de prata de Londres2012 em K2 1.000 metros (ao lado de Emanuel Silva) voltou a frisar que se sentiu bem fisicamente durante toda a prova olímpica,

"Como já referi, os indicadores que tínhamos eram os melhores de sempre. Bati os recordes todos que tinha dos treinos. E tinha tudo para chegar aqui e correr lindamente. Depois, lá está, os fatores externos acabam sempre por influenciar as modalidades 'outdoor' e agora tenho de levantar a cabeça. Daqui a dois dias entro em competição no K4, esta já passou. Agora é respirar e tentar descontrair o máximo possível. É muito duro, muito duro", disse.

Fernando Pimenta desvalorizou ainda a má prestação do dinamarquês René Poulsen, campeão mundial em 2015, e do alemão Max Hoff, bronze em Londres2012, que ficaram atrás de si, indicando que não é o mal dos outros que lhe vai dar ânimo.

Com Lusa

  • Denis Cheryshev: o orgulho dos anfitriões

    Mundial 2018 / Rússia

    O avançado Denis Cheryshev foi eleito o Homem do Jogo entre Rússia e Egito, que os russos venceram por 3-1. Marcou o segundo golo dos anfitriões, o terceiro em nome próprio no Mundial e juntou-se a Cristiano Ronaldo no topo da lista de melhores marcadores. Aos 27 anos e a jogar o primeiro Mundial da carreira, Cheryshev continua a assumir-se como um dos principais rostos da esperança russa para o sucesso desta campanha. Depois de já ter sido o melhor em campo no triunfo sobre a Arábia Saudita, a nação anfitriã vê-o como uma espécie de porta-estandarte do orgulho russo na defesa da pátria.

  • Gato Achilles acerta no resultado do Rússia-Egito

    Desporto

    O gato Achilles é o adivinho dos jogos do Mundial na Rússia. Depois de ter acertado na vitória da Rússia frente à Arábia Saudita, o felino voltou a apostar na equipa certa, com os russos a vencerem esta terça-feira o Egipto por 3-1.

  • Os momentos que marcaram o 6.º dia de Mundial
    0:58
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O espetáculo fora das quatro linhas
    2:30
  • "Quando o Cristiano Ronaldo te convidar para almoçar, recusa"

    Desporto

    Na possibilidade de ser convidado por Cristiano Ronaldo para um almoço ou jantar, recuse. Este é o conselho de Patrice Evra, que revelou o "sofrimento" que passou quando aceitou almoçar em casa do capitão da seleção nacional, na altura em que ambos jogavam pelo Manchester United. O jogador francês falou sobre a comida "demasiado saudável" e o exercício que acabou por ter de fazer, enquanto podia estar a descansar.

    SIC

  • "Quero ir com a minha tia", o desespero das crianças afastadas dos pais nos EUA
    2:11

    Mundo

    A nova política de imigração de Donald Trump está a suscitar reações indignadas. Na fronteira com o México, as crianças refugiadas estão a ser retiradas à força aos pais e levadas para centros de acolhimento. Esta terça-feira, foi divulgado um registo áudio de uma criança a suplicar pelos pais a um dos agentes da polícia fronteiriça.

  • Protecionismo de Trump abala Wall Street

    Economia

    Abalada pela exacerbação das disputas comerciais entre os EUA e a China, a bolsa nova-iorquina encerrou esta terça-feira em baixa, com o seletivo Dow Jones a fechar em queda pela sexta sessão consecutiva.