sicnot

Perfil

Rio 2016

Canoísta Teresa Portela triste por eliminação, mas orgulhosa da prova

A canoísta portuguesa Teresa Portela disse esta quarta-feira estar triste por ter falhado a final do K1 500 metros dos Jogos Olímpicos Rio2016, mas garantiu estar orgulhosa da prova que fez.

© Murad Sezer / Reuters

"Foi uma prova muito dura, estava vento contra, o que torna ainda prova mais dura, mais longa. Era a prova mais importante, sabia que tinha uma meia-final muito difícil, em que só passavam duas, por isso, tentei ao máximo ir com elas, chegar ao segundo lugar, mas não deu. Não estou desiludida, estou triste por não ter passado, mas orgulhosa do que fiz, porque acreditei até ao fim, dei tudo, as outras foram melhores", referiu.

O vento de frente complicou a tarefa de Teresa Portela, que pela terceira vez falhou a final de K1 500, mas sentiu-se bem ao longo da prova.

A canoísta Teresa Portela falhou a final de K1 500 dos Jogos Olímpicos, após ter sido quarta na terceira meia-final, com 1.58,360 minutos, sendo relegada para a final B, que atribui os lugares entre o oitavo e o 16.º lugar.

Lusa

  • Cristas acusa Costa de mentir sobre acordo da concertação social
    3:01

    Economia

    A presidente do CDS acusou esta terça-feira o primeiro-ministro de mentir no debate quinzenal, ao dizer que o acordo da concertação social já estava assinado. Foi o momento mais aceso, com Assunção Cristas a dizer que António Costa não tem condições para chefiar o Governo.

  • Trump prestará juramento com a duas bíblias

    Mundo

    Donald Trump prestará juramento, na próxima sexta-feira, como o 45.º Presidente dos Estados Unidos, usando duas Bíblias - a sua, oferecida pela sua mãe, e a que Abraham Lincoln usou na sua posse, há 150 anos.

  • Esta foto pode salvar a sua vida

    Mundo

    Podemos até estar familiarizados com os sinais do cancro da mama, mas quando se trata de identificar sintomas visuais nos nossos próprios seios, já não é tão fácil. Por isto, uma designer resolveu mostrar como descobrir sinais através de uma ajuda improvável: limões.

    Rita Ferro Alvim