sicnot

Perfil

Rio 2016

"Para conseguir uma medalha temos de ter melhores condições de trabalho, melhor estrutura"

João Pereira, quinto nos Jogos Olímpicos Rio2016, insistiu esta quinta-feira que para haver medalhas é preciso haver mais condições e melhores estruturas no triatlo português, considerando que o seu feito é mérito da sua equipa de trabalho.

"Quando encarei esta prova era para o 'top 8', ficar a nove segundos do bronze é algo que me deixa bastante contente e sinto que para conseguir uma medalha temos de ter melhores condições de trabalho, melhor estrutura", alertou o triatleta.

Não seria nem a primeira, nem a última vez que iria 'bater na mesma tecla'. Depois de explicar que hoje só pode arriscar o tudo por tudo por ter a certeza que, em caso de um mau resultado, poderia contar com o apoio do seu clube, o Benfica, João Pereira assumiu que precisava de "mais trabalho, de mais condições, de uma melhor estrutura" para aspirar ao pódio.

"Estamos a lutar com grandes nações, lutar por medalhas é bastante complicado com as condições que temos e acho que um diploma olímpico é um grande objetivo para todos os atletas", defendeu.

Integrado no Centro de Alto Rendimento (CAR) do Jamor há dez anos, o sexto classificado do Europeu de 2016 deixou duras críticas à falta de investimento no espaço.

"Estou no CAR do Jamor há dez anos. Penso que aquilo estava igual há 30 anos atrás e em dez anos não se fez nada de novo. Há novas técnicas de tratamento, como banhos de gelo, massagens, tudo o que possa melhor a recuperação. Em tudo o que seja recuperação, há muito que trabalhar. Sendo aquilo um centro nacional de treino, tinha todo o interesse em ter melhores condições. Se querem medalhas, têm de trabalhar para isso. Tem de haver condições para isso, porque nós fazemos o melhor a cada dia", argumentou.

João Pereira contou ainda o que sente de cada vez que falam na possibilidade do triatlo português conquistar medalhas, usando uma analogia: "Imaginem ter uma empresa e quererem que a vossa empresa esteja entre as três melhores do Mundo. Força, acho que não deve ser fácil. Isso é o que eu procuro fazer a cada dia juntamente com o meu treinador e o meu grupo de treino. A vitória não é minha, mas é do meu grupo de treino e do meu treinador".

Lusa

  • Portugueses hoje em prova nos Jogos Olímpicos
    1:40

    Rio 2016

    João Pereira, João Silva e Miguel Arraiolos competem hoje no Triatlo dos Jogos Olímpicos. Emanuel Silva e João Ribeiro estão na final de K2 1000m. Depois de terem falhado o acesso à final A, Hélder Silva (C1 200) e Teresa Portela (K1 500) procuram o melhor lugar possível nas respetivas finais B da canoagem.

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • 245 saltam de ponte de 30m no Brasil para Recorde do Guiness
    1:56
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.