sicnot

Perfil

Rio 2016

Comité dos EUA pede desculpas públicas pelo comportamento de quatro nadadores

O Comité Olímpico dos Estados Unidos (USOC) pediu esta quinta-feira desculpas públicas pelo comportamento dos quatro nadadores que disseram ter sido assaltados no Rio de Janeiro, admitindo que todos mentiram.

"O comportamento destes atletas não é aceitável e muito menos representa os valores da seleção dos Estados Unidos, nem a conduta da maioria dos seus elementos", aponta o comunicado do USOC, em referência aos nadadores Gunnar Bentz, Jack Conger, Ryan Lochte e James Feigen.

Depois de pedir "desculpas aos anfitriões e a todo o povo brasileiro", o USOC garantiu que avaliará "potenciais consequências" para os nadadores após os Jogos Rio 2016, que terminam no domingo.

A polícia brasileira informou na quinta-feira que o caso dos nadadores dos Estados Unidos, que disseram ter sido assaltados no último domingo no Rio de Janeiro, foi uma briga e não um assalto.

A constatação teve como base imagens de vídeo de um posto de combustível onde os nadadores aparecem a discutir com os funcionários no local.

A investigação começou depois de o quarteto de nadadores ter dito que foi assaltado depois de deixar uma festa na Casa da França, na Lagoa, zona sul do Rio de Janeiro.

No caminho para o alojamento, de táxi, os atletas pararam num posto de gasolina para ir à casa de banho.

No local, um deles teria danificado uma porta e iniciado uma discussão com os funcionários e seguranças. Os funcionários disseram que os nadadores estavam alcoolizados e começaram a urinar no jardim perto da loja de conveniência do posto.

Confrontado com as conclusões da investigação policial, o USOC admitiu que os nadadores "cometeram atos de vandalismo".

Lusa

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.