sicnot

Perfil

Rio 2016

Fernando Pimenta garante estar a 100% para a final de K4

O canoísta Fernando Pimenta garantiu esta sexta-feira que está a 100 por cento para a final de sábado de K4 1.000 metros dos Jogos Olímpicos Rio2016, sem sequelas de se ter ficado pelo quinto posto em K1.

"Estou sempre a top. Os meus colegas conhecem-me, as pessoas que trabalham comigo no dia-a-dia, amigos, patrocinadores, sabem que eu posso ter um mau momento e daí a uma, duas horas, estou a rir, na maior, apesar de por dentro poder estar a remoer coisas", afirmou Fernando Pimenta.

Pimenta, que era a principal esperança lusa para uma medalha, em K1 1.000 metros, e acabou em quinto, garante que está a sempre "a 100 por cento".

"Se a prova, agora, nos tivesse corrido mal, se fossemos terceiros, os últimos a entrar na final, eu amanhã (sábado) ia entrar na mesma com uma garra enorme, porque sabia que é outra oportunidade, que estamos todos na linha de partida, que os mais rápidos são aqueles que vão lutar pelas medalhas", explicou.

O medalha de prata em K2 1.000 metros de Londres2012, ao lado de Emanuel Silva, só espera que sábado os quatro canoístas lusos acordem "bem-dispostos".

"Os portugueses vão estar do nosso lado, em vez de estarem contra nós, e vamos dar o nosso melhor. Vamos deixar a pele, o pelo, tudo aquilo que tivermos de deixar dentro de água para sermos os mais rápidos a chegar à meta", prometeu.

Pimenta conta também ter o apoio dos brasileiros, ainda mais porque o quarteto 'canarinho" falhou a final: "Desde o primeiro dia, temos tido uma 'torcida' enorme aqui nas bancadas, tem sido espetacular".

"Os brasileiros têm apoiado as equipas portuguesas, o que, para nós, é um orgulho. Acho que os portugueses, em Portugal, devem sentir-se orgulhosos por verem que uma comunidade irmã está com os seus atletas. Apesar de não sermos do mesmo país, estão sempre a vibrar de uma forma muito enérgica", lembrou.

O quinto colocado na final de K1 acredita que haveria apoio mesmos com o Brasil na final.

"Mesmo que os brasileiros estivessem na final, teríamos o seu apoio. Eles são muito alegres, muito bem-dispostos, estão sempre com energia positiva e acho que é isso que os portugueses, em Portugal, devem aprender. Aprender a apoiar não só uma modalidade ou duas, mas apoiar as várias modalidades", observou.

A final de K4 1.000 metros, que fecha o programa de canoagem do Rio2016, realiza-se sábado, a partir das 10:12 locais (14:12 em Lisboa).

Lusa

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.