sicnot

Perfil

Rio 2016

Maratonista Gebo Burka suspenso 18 meses por doping

© Shannon Stapleton / Reuters

O atleta etíope Gebo Burka, vencedor da maratona de Houston, Estados Unidos, em janeiro, foi suspenso por 18 meses devido a um controlo positivo, anunciou na sexta-feira a Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA).


Segundo a USADA, Burka, que terá de devolver os prémios arrecadados com a vitória em Houston, a 17 de janeiro, acusou uma hormona sintética, que na 'versão original' é usada como anti-inflamatório.

"A prednisona é uma substância classificada como glicocorticóides e é proibida em competição", lembrou a USADA, em comunicado.

Em sua defesa, Burka alegou à USADA que tinha uma prescrição médica para usar a substância em pequenas doses, só que não o informou às autoridades antidoping.

Na carreira, Burka já venceu cinco maratonas, entre elas as de Los Angeles e Sydney.

Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras