sicnot

Perfil

Rio 2016

Maratona e cross country fecham participação portuguesa

© Denis Balibouse / Reuters

Os Jogos Olímpicos Rio2016 terminam hoje com os maratonistas Rui Pedro Silva e Ricardo Ribas e os ciclistas David Rosa e Tiago Ferreira, no 'cross country', a fecharem a participação portuguesa.


Às 09:30 locais (13:30 em Lisboa), os dois atletas portugueses partem do Sambódromo para a maratona masculina dos Jogos, sem aspirações a um lugar no topo da classificação.

A participar pela terceira vez nos Jogos, Rui Pedro Silva, que foi 34.º nos 10.000 metros em Pequim2008 e desistiu na maratona de Londres2012, tem uma melhor marca pessoal de 2:12.15 horas, enquanto Ricardo Ribas vai fazer, aos 39 anos, a sua estreia olímpica, tendo com recorde pessoal 2:13.21.

Numa prova que terá como uma das principais atrações o eslovaco Peter Sagan, campeão mundial de estrada, o 'cross country' olímpico tem início marcado para as 12:30 locais (16:30 em Lisboa), com Tiago Ferreira e David Rosa com olhos no 'top-20'.

Antes da prova, David Rosa assumiu que quer melhorar o 23.º lugar de Londres2012, enquanto Tiago Ferreira, campeão mundial de maratonas, outra vertente do BTT, disse que queria chegar aos primeiros 20 lugares.

A judoca Telma Monteiro, que conquistou, até ao momento, a única medalha portuguesa no Rio2016, com o bronze em -57kg, será a porta-estandarte na cerimónia de encerramento, no Maracanã, a partir das 20:00 locais (00:00 de segunda-feira em Lisboa).

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC