sicnot

Perfil

Rio 2016

Maratona fecha atletismo, Estados Unidos tentam o 'tri' no basquetebol

© POOL New / Reuters

O último dia dos Jogos Olímpicos Rio2016, que começa com a maratona masculina, contempla três importantes finais coletivas masculinas, sendo a mais mediática a do basquetebol, na qual a Sérvia vai tentar impedir os Estados Unidos de fazer o 'tri'.

Na prova que fecha o programa do atletismo, o ugandês Stephan Kiprotich defende o título conquistado em Londres2012. Enttre os opositores, realce para os quenianos Eliud Kipchoge e Stanley Biwot, primeiro e segundo na maratona de Londres, com as melhores marcas do ano.

Na fase de grupos do basquetebol, os norte-americanos bateram os sérvios por apenas três pontos (94-91) e só respiraram de alívio quando, no último segundo, o lançamento de três pontos do sérvio Bogdan Bodganovic bateu no aro e saiu, impossibilitando assim o prolongamento.

Os Estados Unidos têm somado vitórias 'escassas' para o seu habitual domínio esmagador, como o comprovam os 100-97 à França ou os 82-76 à dupla vice-campeã olímpica Espanha.

Não menos emocionante espera-se que seja a final do voleibol masculino, com Brasil e Itália a disputar o título, depois de os 'canarinhos' terem afastado os campeões olímpicos russos, 'vingando' assim a derrota em Londres2012, e os transalpinos terem batido os Estados Unidos.

Na sua quarta final seguida, o Brasil procura o terceiro título olímpico, enquanto a Itália tem duas pratas, tendo perdido igualmente a final de Atlanta1996, por 3-2 com a Holanda.

No andebol, Dinamarca, pela primeira vez numa final, vai desafiar o favoritismo da bicampeã França.

Os nórdicos afastaram a Polónia (29-28), após prolongamento, enquanto os gauleses, igualmente campeões do mundo, se impuseram à Alemanha, pelos mesmos 29-28, com um golo no último segundo.

- Domingo, 21 ago (12 medalhas de ouro):

09:30/01:30AtletismoMaratona (M)

11:00/15:00Ginástica/rítmicaCompetição por equipas (F)

12:30/16:30Ciclismo/BTTCross-Country (M)

12:45/16:45Luta livre65kg (M)

97kg (M)

13:15/17:15VoleibolFinal (M)

14:00/18:00Pugilismo75kg (F)

52kg (M)

64kg (M)

+91kg (M)

14:00/18:00AndebolFinal (M)

15:45/19:45BasquetebolFinal (M)

  • "Há uma grande diferença em relação à anterior liderança do PSD"
    14:29

    País

    O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, esteve esta quarta-feira na Edição da Noite da SIC Notícias. As novas relações com o PSD e a reprogramação do Portugal 2020 foram alguns dos temas de conversa. Pedro Marques defende que existe "uma grande diferença" entre as lideranças de Passos Coelho e Rui Rio no PSD.

    Entrevista SIC Notícias

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

    Enviados SIC

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • Casal mantinha filhos trancados sem comida

    Mundo

    Se pensava que só existia uma casa dos horrores, a da família Turpin, desengane-se. A polícia de Tucson, no estado norte-americano do Arizona, deteve na terça-feira um casal que mantinha os quatro filhos adotivos trancados em quartos separados.

    SIC

  • Pigcasso, a porca pintora que tem uma galeria de arte

    Mundo

    O nome sugere o talento da artista que vive na Cidade do Cabo, na África do Sul. Pigcasso estava prestes a morrer, quando foi resgatada por uma ativista que a ajudou a enveredar pelo caminho da pintura. Desde pequena começou a pegar em pincéis e agora é o primeiro animal do mundo com uma galeria de arte, onde já lançou a sua primeira exposição intitulada 'Oink!'.