sicnot

Perfil

Rio 2016

"Talvez seja morto quando chegar, ou preso"

© Athit Perawongmetha / Reuters

A prova de maratona masculina ficou marcada pelas declarações e gesto simbólico do atleta etíope que chegou em segundo lugar. Num momento que era de festa, Feyisa Lilesa cruzou a meta com os braços cruzados acima da cabeça.

Mais tarde explicou que foi um sinal de apoio aos manifestantes da Etiópia mortos pelo governo. Lilesa conta que tem amigos e familiares presos e acusa o governo estar a matar o seu povo, os Oromos.

A tribo é historicamente marginalizada pelo Governo e revoltou-se por temer perder as terras.

Até agora, várias organizações de ajuda humanitária estimam que já tenham morrido mais de 400 pessoas neste conflito.

No final da prova olímpica, Feyisa Lilesa disse que não sabe o que pode vir a acontecer. Declarou que pode ser morto ou preso quando chegar à Etiópia.

Acrescentou que pode ser detido no aeroporto ou forçado a mudar de país e põe a hipótese de ficar no Brasil.

  • Papa aprova canonização dos pastorinhos

    País

    O Papa Francisco promulgou esta manhã o decreto que reconhece o milagre atribuído aos beatos Francisco e Jacinta, conhecidos como os pastorinhos de Fátima, o que permite a canonização, anunciou a sala de imprensa da Santa Sé.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.