sicnot

Perfil

Rio 2016

Guarda-redes dos EUA suspensa seis meses por comentários antidesportivos

A Federação de Futebol dos Estados Unidos suspendeu na quarta-feira, por seis meses, a guarda-redes Hope Solo, uma das maiores figuras da equipa, por "comentários antidesportivos" nos Jogos Olímpicos Rio2016.

No final do encontro com a Suécia, dos quartos de final do torneio olímpico feminino, que os Estados Unidos perderam nas grandes penalidades, Hope Solo chamou as nórdicas de "cobardes" pelo sistema defensivo que adotaram com as norte-americanas.

Os comentários de Hope Solo merecerem imediatamente várias críticas, inclusive de algumas companheiras de seleção, como Megan Rapinoe, e do presidente da federação, Sunil Gulati.

Mesmo com o impacto negativo das declarações, Hope Solo recusou sempre pedir desculpa ou retratar-se pelas palavras.

"Os comentários de Hope Solo (...) são inaceitáveis e ferem as normas de conduta que devem reger as jogadoras da seleção. Mais importante que a competição, e os resultados, é o comportamento desportivo inatacável que exigem uns Jogos Olímpicos, onde imperam os ideais de desportivismo e respeito", escreveu Sunil Gulati num comunicado distribuído à imprensa.

Neste sentido, Gulati frisou que todos os que representam a Federação de Futebol dos Estados Unidos "devem honrar, sem exceção, esses princípios".

"Depois de tomarmos em consideração incidentes do passado em que se envolveu Hope [Solo], e depois de uma conversa privada sobre como deve conduzir o seu comportamento como elemento da seleção, determinámos uma punição disciplinar que entendemos a mais apropriada", conclui o dirigente na mesma nota.

Antes de ter sido tornado público o castigo, Solo encontrou-se, em Seatttle, com o secretário-geral da federação, Dan Flynn, e a selecionadora dos Estados Unidos, Jill Ellis.

Solo, considerada a melhor guarda-redes da história do futebol feminino norte-americano, sagrou-se campeã mundial e bicampeã olímpica ao serviço dos Estados Unidos, somando, até ao momento, 202 internacionalizações.

No início de 2015, tinha sido castigada com 30 dias de suspensão depois de ter sido detida pela polícia de Los Angeles, quando, numa 'operação stop', o marido, Jerramy Stevens, que conduzia um veículo da federação de futebol, acusou excesso de álcool.

Stevens ficou detido três dias, mas Solo, que teve um comportamento agressivo contra as autoridades, saiu em liberdade e sem qualquer acusação formal.

Nos Jogos Olímpicos Rio2016, os Estados Unidos ficaram pelos quartos de final e a Suécia só foi derrotada na final pela Alemanha, que venceu as nórdicas por 2-1 e se sagrou pela primeira vez campeã olímpica.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.