sicnot

Perfil

Rio 2016

Família de Patrick Hickey pede ação do governo irlandês

A família do presidente do Comité Olímpico da Irlanda, Patrick Hickey, detido no Brasil por suspeita de venda ilegal de bilhetes para os Jogos Olímpicos Rio2016, apelou à intervenção do governo irlandês relativamente às suas condições na cadeia.

Segundo comunicado da advogada que representa os familiares do dirigente desportivo, Anne Marie James, Hickey "está detido há mais de sete dias sem que tenha sido alvo de qualquer acusação".

A causídica apela aos ministros dos Negócios Estrangeiros, Charlie Flanagan, e dos Desportos, Shane Ross, no sentido da intervenção quanto às "condições extremamente preocupantes da sua detenção e encarceramento".

Entretanto, o comité irlandês anunciou ter designado um especialista para dirigir um inquérito independente sobre a venda ilegal de bilhetes para os Jogos do Rio2016.

A polícia brasileira anunciou estar na posse de provas que incriminam Hickey, nomeadamente correspondência eletrónica trocada com o diretor da empresa que detinha os direitos de revenda dos ingressos para os Jogos de Londres (2012) e Sochi (2014), mas não para os do Rio de Janeiro.

Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições. Apesar de ter dito que se iria demitir, Florival Cardoso continua em funções.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de três armas da PSP, recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avança hoje que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Casal português com protesto semelhante ao do filme "Três Cartazes à Beira da Estrada"
    3:23
  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07